NACIONAL

‘Lázaro, no mínimo, estará em breve atrás das grades’, diz Bolsonaro; assista

Publicados

em


source
'Lázaro
Reprodução

‘Lázaro “no mínimo” estará em breve atrás das grades’, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro desejou sorte aos policiais que estão em  busca do assassino Lázaro Barbosa no município de Cocalzinho de Goiás, próximo a Brasília, e disse que em breve ele estará “no mínimo atrás das grades”. A mensagem foi divulgada por meio de um vídeo publicado nas redes sociais.

“Aos policiais que estão na captura do marginal Lázaro, que tem levado o terror no Entorno de Brasília. Nós sabemos que esse bandido tem uma certa prática de andar na mata sem deixar vestígio. Mas sabemos também que nossos policiais, além da coragem, são tenazes e não descansarão enquanto não cumprir essa missão. Boa sorte a todos vocês. E tenho certeza que brevemente o Lázaro estará no mínimo atrás das grades. Um abraço a todos”, disse Bolsonaro.

A caçada a Lázaro já está no 11º dia. Ela começou depois de ele matar quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia, no Distrito Federal, no dia 9 de junho.

Ele invadiu a chácara de Cláudio Vidal, de 48 anos, e assassinou ele e seus filhos, Carlos Eduardo, de 21, e Gustavo, de 15. Na fuga, o criminoso sequestrou Cleonice Vidal, de 43 anos, mulher de Cláudio. Ela foi encontrada morta no dia 12.

Propaganda

NACIONAL

MG: Homem de 34 anos é preso por abusar de criança de 10 anos

Publicados

em


source
Homem foi preso pela Polícia Civil na cidade de Pocrane, região do Rio Doce
Reprodução: Jovem Pam

Homem foi preso pela Polícia Civil na cidade de Pocrane, região do Rio Doce

Suspeito de abusar sexualmente de uma criança de 10 anos de idade foi preso na cidade de Pocrane, Minas Gerais. Segundo a Polícia Civil, a vítima já foi enteada do autor do crime.

O vizinho e amigo do avô da criança, homem de 56 anos, também é supeito de abusar da vítima em uma outra circuntância. Os dois homens teriam se aproveitado da liberdade que tinham com a família para abusar da criança.

Os crimes aconteceram entre 2018 e 2019, mas na época, a família ainda não sabia do ocorrido. A vítima procurou o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) da cidade no ano passado. O departamento que levou o caso até a polícia.

Enquanto eram realizadas as investigações contra os dois suspeitos, eles ainda coagiram a mãe e a avó da criança para não prestarem depoimento. De acordo com o ocorrido foi pedido a prisão temporária dos dois imediatamento, segundo a Polícia Civil.

O homem de 56 anos ainda não foi localizado, portanto, as buscas continuam. Já o homem de 36 foi achado. A polícia declarou que a prisão de ambos será de 30 dias até que sejam finalizadas as investigações.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA