NACIONAL

Maquiador de Michelle sugere pesquisa de “como pegar carona em voo da FAB”

Publicados

em


source
Agustin Fernandez, maquiador da primeira-dama
Reprodução

Agustin Fernandez, maquiador da primeira-dama

Agustín Fernadez, maquiador de Michelle Bolsonaro, era um dos passageiros que viajaram com  avião da Força Aérea Brasileira (FAB) em agosto, após um evento em São Paulo. Ao ser criticado nas redes sociais, o maquiador retrucou dizendo para pesquisarem “como pegar carona em voo da FAB”. 

Além de Agustín, Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), a primeira-dama Michelle Bolsonaro e outros sete parentes também estavam na aeronave. Segundo informações, Damares teria pedido o avião com a justificativa de ir a um evento do Pátria Voluntária, programa social coordenado pela mulher de Jair Bolsonaro. 

Ainda na época da festa, Agustín foi criticado nas redes sociais por realizar a viagem em um avião da FAB, prática que é proibida por lei. A frota da FAB deve funcionar apenas para autoridades. 

Em comentário, a influenciadora Ariadna Arantes ironizou a situação dizendo que “a mamata acabou”. Após o comentário, Agustín a chamou de irrelevante e aconselhou: “PS: procure no Google como se alistar de carona em voo da FAB”.

“Eu não vou procurar no Google como me alistar de carona no voo da FAB, sabe por quê? Quando eu quero viajar para o Egito, França, Estados Unidos, África do Sul, Irlanda do Norte, Argentina, Irlanda do Norte, Argentina, Irlanda, Inglaterra, Áustria, Hungria, Espanha, Portugal, México, Alemanha, Holanda, Tailândia, Dinamarca, Suécia, dentre outros países que eu fui, eu pago com meu dinheiro, não pego carona. Isso deixo para você, encostada na mulher do presidente”, disse a influenciadora em resposta. 

Propaganda

NACIONAL

Réu do caso Kiss passa mal antes de julgamento: “Eu não sou assassino”

Publicados

em


source
Em vídeo, Luciano Bonilha grita 'não sou assassino'
Reprodução/G1

Em vídeo, Luciano Bonilha grita ‘não sou assassino’

Luciano Bonilha Leão, um dos quatro réus no caso da Boate Kiss, passou mal antes de entrar no Foro Central de Porto Alegre, local onde ocorre o  julgamento sobre o caso nesta quarta-feira (1). 

Em vídeo, é possível ver o momento que o produtor musical de 44 anos, passa mal e precisa se apoiar nas pessoas que estão ao redor. Nesse momento, também é possível ouvir ele gritar “Eu não sou assassino”. Ele foi atendido pelo ambulatório do Foro.

Luciano Bonilha é acusado por homicídio simples de 242 pessoas e tentativa de homicídio de outras 636 que ficaram feridas com o ocorrido. Além dele, outros dois empresários, Elissandro Spohr e Mauro Hoffmann, também são acusados. 

O julgamento, que começou nesta quarta-feira (1), pode ser concluído dentro de 15 dias. Mesmo sendo a expectativa do Tribunal de Justiça, a conclusão depende da condução do tribunal do júri nas próximas semanas.


Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA