Momento +

Coronel do Corpo de Bombeiros do Estado do Pará morre em queda de helicóptero do IBAMA no Pantanal

Publicados

em

Um helicóptero do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), prefixo PR-HEB, caiu no Pantanal, próximo a divisa do estado de Mato Grosso com Mato Grosso do Sul.

 

Foi confirmada a morte do coronel do Corpo de Bombeiros do Pará Mauro Tadeu, que atuava na força tarefa de combate a incêndios no Pantanal .

 

 Segundo informações do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Mato Grosso, a          aeronave realizava operações ambientais no combate a incêndios na região do panatanal sul-matogrossense.

 

O acidente teria acontecido nesta segunda-feira (30), por volta das 12h. A equipe do Ciopaer ainda não chegou ao local e não há mais detalhes.

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Leia Também:  Onda de violência que sacode Rondonópolis em Mato Grosso deixa a população em pânico; mais um é morto a tiros a luz do dia no sábado

Momento +

Dados revelam que depois do Amazonas, Mato Grosso é o segundo estado do País com maior índice de contaminação pelo coronavirus

Publicados

em

A crise vivida por Manaus(FOTO) expõe a complexidade dos sistemas de saúde e dispara um sinal de alerta para Estados que registram ritmo de transmissão elevado do vírus e números da doença acelerando rapidamente nas últimas semanas, alertam especialistas.

Depois do Amazonas, o segundo estado com maior índice de infeção é Mato Grosso.

Até sábado, em 21 dos 26 Estados brasileiros e no Distrito Federal, o número efetivo de reprodução (Rt) da covid-19 estava acima de 1, sinalizando expansão da doença, de acordo com a ferramenta Covid Analytics, criada por professores da PUC-Rio.

O indicador estima quantas pessoas, em média, alguém infectado contamina. Os Estados com Rt elevado devem enfrentar ritmo de contágio mais rápido nas próximas semanas, indicam especialistas.

Com hospitais em calamidade por falta de oxigênio, o Amazonas tem o maior Rt (1,6). A ocupação dos leitos superava 90% para Unidades de Terapida Intensiva (UTIs) de covid-19 até o dia 15, último dado da Secretaria de Saúde.

Em Mato Grosso, que tem o segundo maior Rt (1,35), a taxa média de ocupação das UTIs da rede estadual estava em 70,84% ontem, muito acima dos 50,87% de 1º de janeiro. Em nove das vinte unidades com leitos de UTI, a taxa de ocupação está em 90% ou mais – em quatro hospitais, é de 100%.

Leia Também:  Onda de violência que sacode Rondonópolis em Mato Grosso deixa a população em pânico; mais um é morto a tiros a luz do dia no sábado

 

 

 

Otaviio Ventureli(com assessorias)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA