NACIONAL

Ministro de Bolsonaro critica artistas e políticos que lamentam 500 mil mortes

Publicados

em


source
Ministro das Comunicações, Fabio Faria, faz críticas a artistas e políticos que lamentam 500 mil mortos no Brasil hoje
Reprodução: iG Minas Gerais

Ministro das Comunicações, Fabio Faria, faz críticas a artistas e políticos que lamentam 500 mil mortos no Brasil hoje

No dia em que o Brasil ultrapassou meio milhão de mortes decorrentes da Covid-19 , o ministro das Comunicações, Fabio Faria , criticou aqueles que lamentam a perda de 500 mil vidas . Segundo Faria, políticos, artistas e jornalistas que se manifestam nesse sentido “torcem pelo vírus” .

“Em breve vcs verão políticos, artistas e jornalistas ‘lamentando’ o número de 500 mil mortos. Nunca os verão comemorar os [sic] 86 milhões de doses aplicadas ou os 18 milhões de curados, porque o tom é sempre o do ‘quanto pior, melhor’. Infelizmente, eles torcem pelo vírus”, escreveu Faria em suas redes sociais, na tarde deste sábado.

No momento, cerca de 11,5% dos brasileiros receberam duas doses da vacina. Levando em conta o baixo isolamento social atual, o índice vacinação mínimo para frear a pandemia é acima de 40%, diz o grupo Ação Covid-19, que envolve diversos especialistas em modelagem matemática. Se o isolamento cair a zero, o grupo afirma que seria preciso 70% da população imunizada (ou sobrevivente de infecção prévia) para conter o coronavírus.

Propaganda

NACIONAL

MG: Homem de 34 anos é preso por abusar de criança de 10 anos

Publicados

em


source
Homem foi preso pela Polícia Civil na cidade de Pocrane, região do Rio Doce
Reprodução: Jovem Pam

Homem foi preso pela Polícia Civil na cidade de Pocrane, região do Rio Doce

Suspeito de abusar sexualmente de uma criança de 10 anos de idade foi preso na cidade de Pocrane, Minas Gerais. Segundo a Polícia Civil, a vítima já foi enteada do autor do crime.

O vizinho e amigo do avô da criança, homem de 56 anos, também é supeito de abusar da vítima em uma outra circuntância. Os dois homens teriam se aproveitado da liberdade que tinham com a família para abusar da criança.

Os crimes aconteceram entre 2018 e 2019, mas na época, a família ainda não sabia do ocorrido. A vítima procurou o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) da cidade no ano passado. O departamento que levou o caso até a polícia.

Enquanto eram realizadas as investigações contra os dois suspeitos, eles ainda coagiram a mãe e a avó da criança para não prestarem depoimento. De acordo com o ocorrido foi pedido a prisão temporária dos dois imediatamento, segundo a Polícia Civil.

O homem de 56 anos ainda não foi localizado, portanto, as buscas continuam. Já o homem de 36 foi achado. A polícia declarou que a prisão de ambos será de 30 dias até que sejam finalizadas as investigações.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA