NACIONAL

Moradores encontram cobra rara em apartamento no DF

Publicados

em


source
A cobra foi encontrada na varanda de um apartamento do quarto andar.
Divulgação/BPMA

A cobra foi encontrada na varanda de um apartamento do quarto andar.

Na noite do último domingo (13), a Polícia Militar Ambiental resgatou uma cobra muçurana que estava na varanda do quarto andar de um prédio em Águas Claras, no Distrito Federal.

Os moradores de um apartamento acionaram a polícia, que fez uma varredura no local, mas só encontrou a serpente na sacada do apartamento vizinho.

Os moradores afirmaram que não sabem de onde veio a cobra , que é nativa do cerrado e considerada exótica.

O animal foi encaminhado ao Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (Cetas), ligado ao Ibama .

Leia Também:  Lava Jato denuncia ex-diretores da Dersa por lavagem de R$ 60 milhões em propina
Propaganda

NACIONAL

PGR se diz contra ação sobre venda de refinarias da Petrobras

Publicados

em


source
pe
ESTADÃO CONTEÚDO

PGR se coloca contra ação sobre venda de refinarias da Petrobras


Procuradoria-Geral da República (PGR), favorável aos planos de desinvestimentos da Petrobras , pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (30) para  não julgar a ação que tenta barrar o plano de venda das refinarias da estatal.


O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques, afirmou que o Ministério Público não identificou  – nos processos tocados pela estatal – uma contradição com o que foi decidido no ano passado pela Corte. À época, o STF decidiu que a venda de subsidiárias não precisa passar pelo Legislativo, diferente da alienação da empresa-mãe.

Após as sustentações orais, o julgamento sobre as refinarias foi suspenso na Corte e será retomado nesta quinta-feira (01), às 14h, com o voto do relator, ministro Edson Fachin.

Leia Também:  PGR se diz contra ação sobre venda de refinarias da Petrobras

Jacques argumentou também que o processo de venda dessas unidades de refino acontece em “estrita obediência” ao artigo da Constituição, segundo o qual as estatais devem se sujeitar ao regime jurídico de empresas privadas. “Se uma grande empresa pode desinvestir, também pode a Petrobras desinvestir de acordo com o que a Corte já sinalizou”, disse Jacques.

Na manifestação, o representante da PGR também disse não ver no caso da Petrobras a denúncia feita na ação apresentada pelo Congresso, de que a estatal estaria sendo repartida em várias pequenas subsidiárias para burlar a decisão do STF . “É excelente pergunta, mas para ser formulada precisa estar demonstrada nesse caso. Se o STF pudesse dar essa resposta, seria pedagógico, mas não cabe nesse caso estreito da reclamação”.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA