NACIONAL

Navio naufragado no Rio em 1913 é visto em praia com água cristalina

Publicados

em


source
Navio naufragiu em 1913
Reprodução

Navio naufragiu em 1913

A massa de ar quente que atingiu o Rio de Janeiro na última semana não trouxe ao estado apenas um calor escaldante, mas revelou também um navio naufragado há mais de um século. Com o mar cristalino, a praia da Reserva deixou à mostra o casco de um navio cargueiro que naufragou.

As imagens da embarcação afundada foram feitas por um helicóptero da TV Globo, quando sobrevoava a zona oeste da cidade. O cargueiro Workman era um navio a vapor e encalhou em 1913 na região. Toda a carga que estava a bordo acabou retirada pela Martinha e, tempos depois, a embarcação naufragou durante uma tempestade.

Um dos pontos mais evidentes nas imagens é a caldeira, ponto bastante usado por mergulhadores que visitam com frequência a região e fazem expedições nos restos do navio, que já havia sido avistado em 2014.

Leia Também:  SP: prefeitura anuncia alargamento do Córrego Santa Fé, em Perus

Propaganda

NACIONAL

MBL é condenado a pagar R$ 50 mil a Gregório Duvivier por postagem

Publicados

em

MBL foi condenado a pagar indenização no valor de R$ 50 mil ao humorista Gregório Duvivier
Divulgação

MBL foi condenado a pagar indenização no valor de R$ 50 mil ao humorista Gregório Duvivier

Movimento Brasil Livre (MBL) foi condenado a pagar indenização no valor de R$ 50 mil ao humorista Gregório Duvivier. O artista entrou com um processo judicial por danos morais devido a publicação de uma montagem sobre a lei Rouanet. A sentença foi publicada nesta quarta-feira.

A postagem do MBL foi feita em 28 de junho de 2016, quando uma operação para investigar irregularidades na aplicação da Lei Rouanet foi realizada. 

A imagem mostra Duvivier com o ator Wagner Moura e o cantor Tico Santa Cruz acompanhados da frase: “Chega de Lei Rouanet. Acabou a mamata”.

A legenda da postagem também traz críticas à legislação: “Os acontecimentos de hoje só provam mais uma vez que a Lei Rouanet precisa acabar!”

Em outra postagem, na mesma data, o MBL afirmou que “já é hora de acabar com a lei que só beneficia pelegos do PT! E os acontecimentos de hoje só provam mais uma vez que a Lei Rouanet precisa acabar”.


O relator do caso, o desembargador Cezar Augusto Rodrigues Costa, da 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, argumentou que a associação da imagem de Duvivier aos fatos investigados causaram danos ao humorista.

“A construção de uma narrativa em torno da imagem do autor descontextualizada da veracidade dos fatos e envolvendo a apuração de eventuais ilícitos com a utilização de verba pública nos quais ele não participou e não era investigado é capaz de causar danos à sua imagem e honra, por se tratar de pessoa conhecida publicamente”, escreveu o magistrado.

A decisão também determina que o MBL deve excluir a publicação com a imagem de Duvivier, para não perpetuar a violação ao seu direito de imagem.

Na ação, o MBL alegou que a Lei Rouanet é objeto de críticas por parte da população em razão do repasse de recursos públicos para artistas. E acrescentou que “se houve qualquer crítica da população ao autor teria sido pela impopularidade da pauta por ele protagonizada, ou seja, a utilização de recursos públicos para obras artísticas e que como agente político e artístico, o autor estaria necessariamente sujeito a críticas e ao humor”.

Leia Também:  SP: prefeitura institui benefício a quem acolher pessoas sem-teto

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Nacional

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI