NACIONAL

Pacheco descarta adiar instalação da CPI da Covid, afirma jornalista

Publicados

em


source
Pacheco descarta adiar instalação da CPI da Covid, afirma jornalista
Agência Brasil

Pacheco descarta adiar instalação da CPI da Covid, afirma jornalista

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, descartou a possibilidade de adiar a instalação da CPI da Covid e afirmou que vai determinar uma sessão para eleger o presidente que vai comandar a comissão. A informação foi publicada nesta quarta-feira (14) pela coluna do jornalista Gerson Camarotti, do portal ‘G1’.

“Estou aguardando os nomes e indicações de partidos. Depois, anunciarei a data para instalação da CPI. Vou determinar que a eleição do presidente da comissão seja presencial e recomendar que funcionamento também seja presencial. Mas caberá ao presidente da CPI determinar, num acordo de procedimento com os demais membros, o que pode ser presencial, o que pode ser semipresencial”, afirmou Rodrigo Pacheco.

O Supremo Tribunal Federal (STF) julga, nesta quarta-feira (14), a decisão do ministro Luís Roberto Barroso que determinou a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que deve apurar as ações e possíveis omissões do governo federal na condução da pandemia de Covid-19.

Segundo a coluna de Camarotti, ministros do STF dão como certa a manutenção da liminar de Barroso, mas estudam uma modulação que deixe clara a prerrogativa do presidente do Senado para definir como será o funcionamento: se presencial, virtual ou num modelo híbrido.

Leia Também:  'Queiroga com certeza será reconvocado à CPI', diz Omar Aziz

O governo aposta nessa decisão do STF para ganhar tempo e adiar a instalação da CPI. Para isso, investe no discurso de que não há condições sanitárias para realização de sessões presenciais.

Você viu?

O presidente do Senado mantém firme posição de seguir a decisão do ministro Barroso e garantir a instalação da comissão já nas próximas duas semanas.

Propaganda

NACIONAL

‘Queiroga com certeza será reconvocado à CPI’, diz Omar Aziz

Publicados

em


source
 'Queiroga com certeza será reconvocado à CPI', diz Omar Aziz
Reprodução

‘Queiroga com certeza será reconvocado à CPI’, diz Omar Aziz

O senador e presidente da CPI da Covid , Omar Aziz (PSD-AM), se posicionou sobre o depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, como a “grande decepção” da comissão até o momento. Em relação as falas pouco objetivas, Aziz reiterou que Queiroga “com certeza” será reconvocado. As falas foram reproduzidas em uma entrevista no YouTube para o canal do historiador Marco Antônio Villa.

O motivo que levou o presidente da comissão em buscar uma nova audiência para ouvir Queiroga é a constante contradição entre as diretrizes do Ministério da Saúde e as políticas públicas do governo Bolsonaro .

Queiroga declarou inúmeras vezes que não se pronunciaria em seu depoimento pois não havia um protocolo de tratamento para a covid-19 elaborado pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec).

Renan Calheiros declarou no último sábado (08) que a estratégia adotada pelo cardiologista comandante do Ministério da Saúde de não responder objetivamente as perguntas é uma outra maneira de “não falar a verdade”.

Leia Também:  Mulher ouve choro e encontra recém-nascido em matagal de Mongaguá

Aziz ratificou o posicionamento de Calheiros ao declarar que “a gente perguntava se ele era a favor da cloroquina – e ele não citava a palavra cloroquina, falava em ‘fármacos’ -, ele jogava para a Conitec”.


O presidente da CPI argumentou que o posicionamento de Queiroga visa “não magoar o chefe” e que as contradições existentes dão base para que o ministro seja reconcado”.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA