NACIONAL

Paciente de 8 anos que retirou tumor cerebral raspa cabelo de médico; assista

Publicados

em


source
médico cabelo raspado por menino de 8 anos
Reprodução/Instagram

Médico teve cabelo raspado por paciente de 8 anos que retirou tumor cerebral em hospital de São Paulo

O neurocirurgião Caio Nuto, que trabalha no Hospital do Mandaqui, na Zona Norte de São Paulo, viralizou e emocionou as redes sociais após postar fotos e vídeos com Pedro, paciente de 8 anos que retirou um tumor cerebral, raspando seu cabelo e desenhando uma ‘cicatriz’ em sua cabeça.

O médico prometeu ao menino que deixaria ele raspar seu cabelo após a cirurgia para retirada de um tumor benigno no cérebro caso Pedro precisasse ficar careca para realizar o procedimento. A cena foi registrada pelo próprio neurocirurgião que, com a devida autorização dos pais, registrou o momento. Confira:

A operação de Pedro foi realizada no último dia 9 de outubro e ele teve alta na quarta-feira (14), após internação e uma série de cirurgias desde setembro. Nos vídeos raspando o cabelo do médico, o menino aparece sorrindo e brincando com ele.

A publicação do neurocirurgião viralizou, recebendo uma série de comentários que parabenizam a atitude do profissional e celebram a vida da criança.

Após ter seu cabelo raspado , o médico dá a Pedro uma canetinha e pede que ele desenhe em sua cabeça o trajeto da cicatriz deixada pela cirurgia para retirada do tumor na cabeça do menino de 8 anos.

“Pedrão, vou ficar igual a você. Vai, pinta de novo. Caramba, Pedrão, você fez a cicatriz melhor que o neurocirurgião, mostra a tua”, disse Caio. Pedro, então, respondeu, rindo: “Acho que nós dois está ferrado”.

Nicolas, outro garoto que também estava no hospital, aproveitou a diversão e entrou na brincadeira, se divertindo ao raspar o cabelo do médico.

Leia Também:  Candidato a prefeito tem carro alvejado no interior de São Paulo
Propaganda

NACIONAL

Pastor e fiel morrem afogados em represa após cerimônia de batismo em SP

Publicados

em


source
Davi dos Santos (esq) e Samuel Sérgio (dir).
Reprodução/Facebook

Davi dos Santos (esq) e Samuel Sérgio (dir).

No último domingo (25), um pastor e um fiel morreram afogados na represa Atibainha, em Nazaré Paulista (SP), após uma cerimônia de batismo. As informações foram dadas pelo UOL .

O fiel Samuel Sérgio, de 38 anos, entrou na represa depois da celebração e foi arrastado pela correnteza. O pastor Davi dos Santos, de 40 anos, tentou socorrê-lo, mas não conseguiu.

As outras pessoas que estavam presentes no momento acionaram o Corpo de Bombeiros, mas as vítimas foram resgatadas sem vida. 

O caso foi registrado na delegacia de Nazaré Paulista . A delegada Liliane Doretto afirmou que será aberto um inquérito. 

“Vou fazer a investigação para saber se houve imprudência, negligência. Mas se o fiel estava brincando na água, então não há responsabilidade de ninguém. Uma fatalidade . E por se tratar de uma pessoa maior de idade, ninguém é responsável por manter a incolumidade física dele, a não ser ele próprio”, informou Doretto.

Leia Também:  Mulher que foi estuprada por 12 homens no interior de SP diz ter HIV

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA