NACIONAL

Projeto de lei quer retirar obrigação de fazer autoescola para obter CNH

Publicados

em


source
cnh
Reprodução

Projeto de lei retira obrigação de formação em autoescola para obter CNH

Um projeto de lei que está em tramitação na Câmara dos Deputados propõe retirar a obrigação de fazer autoescola para a obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). A proposta deixaria a responsabilidade de instrução e aplicação da prova prática para instrutores credenciados. O projeto é de autoria do deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP).

O texto ainda prevê que os órgãos de trânsito forneçam o material necessário para os exames escritos sem custo e por meio da internet. A ideia do projeto de lei é tirar o protagonismo e o monopólio das autoescolas.

Segundo Kim Kataguiri, a intenção do projeto é tornar o processo “menos burocrático e custoso”. E completou: “O projeto permite que a instrução a futuros condutores possa ser feita de forma privada, sem necessidade de o candidato frequentar uma autoescola”.

Leia Também:  Propaganda eleitoral começa hoje; veja o que candidatos podem e não podem fazer

O exame prático, que é obrigatório ser feito em via pública, poderia ser aplicado por um instrutor particular, desde que este seja credenciado aos órgãos de trânsito e cumpra alguns pré-requisitos, como possuir habilitação na categoria pretendida pelo candidato por no mínimo cinco anos.

Propaganda

NACIONAL

Mulher ataca casal gay dentro de pet shop em São Paulo: “Não é de Deus”; assista

Publicados

em


source
homofobia
Reprodução/Twitter

A cena de homofobia foi registrada em vídeo e viralizou na internet

Uma mulher foi flagrada atacando um casal gay dentro de um petshop localizado em Birigui, no interior de São Paulo. Com uma camiseta escrito “fé”, ela bateu uma mão na outra, insinuando uma cena de sexo, e disse:  “Um homem enfiando assim oh… o p** no c* do outro?! Que isso, fio?”. As imagens viralizaram na internet.

A mulher também disse que “não é de Deus” um relacionamento homoafetivo. O dono da loja chegou a pedir que a briga não acontecesse dentro da loja e então a mulher disse ao casal: “Então vai lá fora, que eu falo pra vocês lá fora”.

Um dos homens se defendeu dos ataques: “A senhora sabe que é crime? A gente não quer ouvir a opinião da senhora. A senhora guarda ela pra você. Ninguém aqui ta pedindo a opinião a senhora. Eu não estou sendo desrespeitoso com a senhora, estou falando pra guardar para você”, disse.

Leia Também:  Polícia cumpre 57 mandados de prisão por desvios na área da saúde em São Paulo

A mulher continuou com frases homofóbicas em voz alta: “Estou falando para você que o negócio é homem com mulher, não é homem com homem, nem mulher com mulher. Você tá ouvindo?! Isso não é de Deus! Isso não é de Deus! Isso não é de Deus! Isso não é de Deus!”.

Uma das vítimas ameaça chamar a polícia e ela retruca: “Pode chamar”. O dono do pet shop puxa a mulher para retirá-la do estabelecimento. “Tem que respeitar”, disse ele. Enquanto ela respondeu: “Pode deixar que eu pego ele lá fora”.

Assista ao vídeo completo:


Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA