NACIONAL

Sai a urna eletrônica, entra o celular: TSE estuda mudança para votação online

Publicados

em


source
Urna
José Cruz/Agência Brasil

Uso das urnas eletrônicas nas eleições brasileiras pode estar com os dias contados

Apesar de ter um dos sistemas de votação mais elogiados do mundo, por conta de sua segurança e confiabilidade, o formato de votação com o uso de urnas eletrônicas pode se tornar coisa do passado em um futuro bastante próximo. Tudo porque o Tribunal Superior Eleitoral estuda a substituição do voto presencial pelo online, com o uso de computadores e celulares.

Em entrevista ao Uol, o juiz auxiliar da presidência do TSE e coordenador do projeto Eleições do Futuro, Sandro Vieira, explicou que o primeiro teste já deve ser realizado nestas eleições, com o uso de candidatos fictícios e a tecnologia de gigantes como IBM e Amazon para o desenvolvimento da ferramenta. Até o momento, 31 empresas já demonstraram interesse em desenvolver o projeto.

Leia Também:  Complexo do Alemão tem intenso tiroteio após ataque de criminosos a base da UPP

“No dia da eleição , três empresas montarão estandes em cada local de votação. O eleitor que quiser participar da simulação receberá as orientações para votar e o TSE acompanhará os resultados”, disse Vieira, revelando ainda que o teste será realizado em São Paulo, Curitiba (PR) e Valparaíso de Goiás (GO).

Porém, para que tal mudança ocorra, será preciso garantir que o processo é seguro, sigiloso e pode ser auditado, mantendo assim o grau de confiabilidade atingido com as urnas eletrônicas , consideradas caras pelo TSE por conta dos gastos com manutenção e o baixo tempo de vida útil dos aparelhos.

“Ainda temos que lidar com os gastos extras, como refeições dos mesários e o deslocamento das urnas. O voto online seria cômodo em meio à pandemia e muito útil ao eleitor que estiver em trânsito No futuro, ele poderá votar de qualquer lugar”, finalizou o juiz.

Ainda de acordo com a publicação, os primeiros testes devem ocorrer em 2021 caso as demonstrações deste ano se provem satisfatórias. Assim, o futuro presidente do TSE , ministro Alexandre de Moraes, poderá decidir se a mudança será implementada oficialmente, via projeto-piloto, em 2022.

Leia Também:  Balada "Treta" desrespeita protocolos de saúde, e dono discute com denunciantes

Propaganda

NACIONAL

Homem que espancou a namorada em Ilhéus se entrega à polícia e vai para presídio

Publicados

em


source
Carlos Samuel foi preso nesta quarta(21)
Reprodução Twitter

Carlos Samuel foi preso nesta quarta(21)

Carlos Samuel Freitas Costa Filho , flagrado espancando a namorada com diversos socos em Ilhéus, na Bahia , em vídeo que ganhou repercussão na última semana, foi preso na tarde desta quarta (21).

A Polícia Civil da Bahia havia expedido mandado de prisão contra Carlos Samuel na última quinta (15). Desde então ele era considerado foragido pela Justiça, mas nesta quarta (21) o suspeito se apresentou na sede 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, em Ilhéus, acompanhado de dois advogados.

Incluindo este último caso registrado, Carlos tem 11 queixas de violência doméstica registradas contra ele. Três inquéritos já haviam sidos finalizados e enviados a justiça, contudo, os outros sete não foram adiante por que as vítimas não quiseram dar seguimento as queixas.

Leia Também:  Ministro da Saúde Eduardo Pazuello testa positivo para Covid-19

Na quinta feira da última semana (15), Carlos esteve na mesma delegacia em que foi detido para prestar depoimentos sobre o caso, mas não foi preso na ocasião por não haver flagrante. Algumas horas depois sua prisão foi decretada.

Em entrevista para à Folha de S.Paulo,  Caique Santana Mota , advogado do suspeito, disse que Carlos apenas revidou as agressões:

“Naquela noite, eles consumiram bastante bebida alcoólica. Houve uma crise de ciúme por parte dela, que o agrediu na presença de testemunhas. Claro que não justifica (os socos), não há como negar. Ele reconhece que se excedeu, que perdeu o controle”, afirmou.

Após exame de lesão corporal o agressor será encaminhado para um presídio.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA