NACIONAL

Salles diz que ajuda estrangeira poderá antecipar fim do desmatamento ilegal

Publicados

em


source
 Salles diz que ajuda estrangeira antecipará fim do desmatamento ilegal
Reprodução

Salles diz que ajuda estrangeira antecipará fim do desmatamento ilegal

O Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, concedeu uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (22), após a participação do presidente da República Jair Bolsonaro na Cúpula do Clima, e reiterou que a ajuda financeira de “paises, empresas e entidades” serão fundamentais para que as metas estabelecidas sejam antecipadas.

*Matéria em atualização

Leia Também:  Indicação ao STF gera conflitos na família Bolsonaro
Propaganda

NACIONAL

‘Queiroga com certeza será reconvocado à CPI’, diz Omar Aziz

Publicados

em


source
 'Queiroga com certeza será reconvocado à CPI', diz Omar Aziz
Reprodução

‘Queiroga com certeza será reconvocado à CPI’, diz Omar Aziz

O senador e presidente da CPI da Covid , Omar Aziz (PSD-AM), se posicionou sobre o depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, como a “grande decepção” da comissão até o momento. Em relação as falas pouco objetivas, Aziz reiterou que Queiroga “com certeza” será reconvocado. As falas foram reproduzidas em uma entrevista no YouTube para o canal do historiador Marco Antônio Villa.

O motivo que levou o presidente da comissão em buscar uma nova audiência para ouvir Queiroga é a constante contradição entre as diretrizes do Ministério da Saúde e as políticas públicas do governo Bolsonaro .

Queiroga declarou inúmeras vezes que não se pronunciaria em seu depoimento pois não havia um protocolo de tratamento para a covid-19 elaborado pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec).

Renan Calheiros declarou no último sábado (08) que a estratégia adotada pelo cardiologista comandante do Ministério da Saúde de não responder objetivamente as perguntas é uma outra maneira de “não falar a verdade”.

Leia Também:  Metade dos idosos não tomou segunda dose de vacina contra coronavírus

Aziz ratificou o posicionamento de Calheiros ao declarar que “a gente perguntava se ele era a favor da cloroquina – e ele não citava a palavra cloroquina, falava em ‘fármacos’ -, ele jogava para a Conitec”.


O presidente da CPI argumentou que o posicionamento de Queiroga visa “não magoar o chefe” e que as contradições existentes dão base para que o ministro seja reconcado”.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA