NACIONAL

Secom critica humorista que fez paródia de campanha do governo; veja

Publicados

em


source
adnet
undefined

Marcelo Adnet faz paródia de campanha do governo com Mário Frias

A Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) criticou, neste sábado (5), o humorista Marcelo Adnet por uma sátira à campanha do governo federal, protagonizada pelo ministro da cultura, Mário Frias, sobre os heróis brasileiros.


A Secom, por meio de seu twitter oficial, afirmou que “há quem prefira parodiar o bem e fazer pouco dos brasileiros”. O órgão ainda classificou o vídeo publicado pelo humorista como “reações maldosas, carregadas de desprezo por brasileiros simples, mas imensamente bondosos”.

Leia Também:  Menina de dois anos morre com tiro na cabeça em Teresina




O humorista Marcelo Adnet tem um quadro, estilo paródia, na internet, em que critica, com frequência, o governo federal. Ontem, ele soltou mais um de seus vídeos em que faz sátiras a momentos protagonizados por membros do governo, em especial o vídeo oficial da Secom. Veja o vídeo do humorista na sequência:



Propaganda

NACIONAL

Bia Kicis depõe à PF em inquérito sobre atos antidemocráticos

Publicados

em


source
kicis
Cleia Viana/Câmara dos Deputados – 14.8.19

Bia Kicis presta depoimento à PF sobre atos antidemocráticos

A deputada federal  Bia Kicis prestou depoimento, nesta sexta-feira (25), à Polícia Federal (PF) no inquérito que apura a organização e o financiamento de atos antidemocráticos. Bia Kicis é ex-líder do governo no Congresso Nacional.

O inquérito foi aberto em abril pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes, que atendeu a um pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras. O pedido de investigação foi apresentado por Aras em março, após atos defenderem o fechamento do Congresso Nacional e do STF, pautas antidemocráticas e inconstitucionais.

Em uma rede social, Bia Kicis postou uma mensagem nesta sexta-feira, antes do depoimento: “Indo prestar depoimento na PF. Aqui no Brasil agora é assim. Apoia o Presidente Jair Bolsonaro, o Alexandre tá de olho.”

Leia Também:  Projeto prevê que telefone do CVV apareça em buscas na internet sobre suicídio



Após o depoimento, a deputada voltou a publicar na internet e afirmou que o depoimento foi ‘tranquilo’ e ironizou as prioridades da corporação.



Além de Bia Kicis, também prestaram depoimento no inquérito o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filhos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA