NACIONAL

Toffoli: temos uma democracia coroada de instituições sólidas

Publicados

em


source
stf
Carolina Antunes/PR

“Temos no Brasil uma democracia coroada de instituições sólidas, que viabilizam a concretização dos princípios republicanos e democráticos”, afirmou


Em uma de suas últimas aparições públicas como presidente do Supremo Tribunal Federal (SFT), o ministro Dias Toffoli afirmou, nesta terça-feira (1º), que a democracia brasileira possui instituições “sólidas” e agradeceu a cooperação com o Poder Executivo.


A declaração foi dada durante pronunciamento de Toffoli na solenidade de lançamento do programa Norte Conectado, no Palácio do Planalto, ao lado do presidente Jair Bolsonaro, do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), entre outras autoridades.

“Temos no Brasil uma democracia coroada de instituições sólidas , que viabilizam a concretização dos princípios republicanos e democráticos”, afirmou.

Em um breve balanço de sua gestão de dois anos à frente do STF e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Toffoli afirmou ter trabalhado em defesa do Poder Judiciário e pela guarda dos direitos constitucionais.

Leia Também:  Pedagoga leva soco em abordagem policial: "fui chamada de preta, de vagabunda"

“Nesses dois anos à frente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, trabalhamos intensamente para cumprir nossa missão constitucional de guarda da Constituição e de fortaleza dos direitos e das garantias fundamentais. Não nos furtamos a despender os esforços necessários ao aperfeiçoamento constante da Justiça e a defesa do Poder Judiciário, salvaguarda maior da democracia”.

Na próxima quinta-feira (3), tomará posse na presidência do STF e do CNJ o ministro Luiz Fux , para um novo mandato de dois anos. Ele foi eleito para o cargo no final de junho, em uma votação simbólica, já que a ocupação do posto segue um rodízio por ordem de antiguidade no tribunal. 

Diálogo institucional

Ainda durante seu pronunciamento no Palácio do Planalto, Dias Toffoli disse esperar que o diálogo institucional prevaleça entre os Poderes da República, por se tratar de uma “imposição” da Constituição Federal.

“Não se trata de escolha nossa. Não se trata de opção à disposição das autoridades constituídas. É imposição da Constituição da República. E nela está determinado que os objetivos são: construir uma sociedade livre, justa e solidária, garantir o desenvolvimento nacional, erradicar a pobreza e a marginalização, reduzir as desigualdades sociais e regionais, e promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação”, afirmou.

Leia Também:  "Quem nos critica não tem queimada  porque já queimaram tudo", diz Bolsonaro

Propaganda

NACIONAL

Recém-nascida é abandonada em saco plástico na Zona Norte de SP

Publicados

em


source
bebê
PMSP/Reprodução

Bebê foi abandonado dentro de saco plástico

A Polícia Civil de São Paulo investiga o abandono de uma recém-nascida ainda com o cordão umbilical  dentro de um saco plástico na frente de uma casa no Parque Edu Chaves, na Zona Norte de São Paulo, no sábado (19).

Segundo ocorrência, os responsáveis por encontrar a criança foram os próprios policiais militares, acionados após uma ligação de um morador da região. Eles encontraram a recém-nascida enrolada em um cobertor dentro do saco e a levaram para o Hospital São Luiz Gonzaga, no bairro do Jaçanã.

Após receber os primeiros cuidados, a menina passa bem. O abandono será investigado pela delegacia do 73º Distrito Policial.

Leia Também:  Estudo da FGV aponta que pandemia provocou queda de renda de 20,1%
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA