NACIONAL

“Vacina russa contra Covid-19 poderá ser usada no DF”, diz secretário

Publicados

em


source
Osnei Okumoto
Divulgação

Osnei Okumoto

Nesta sexta-feira (28), o Secretário de Saúde do Distrito Federal, Osnei Okumoto , se encontrou, em Brasília, com o embaixador da Rússia, Sergey Akopov . O intuito da conversa foi conhecer a vacina contra a Covid-19 que o país desenvolve. batizada de Sputnik V .

“Estamos em um momento muito importante, conhecendo a tecnologia russa na produção da vacina contra o coronavírus. Esse trabalho é muito importante porque há possibilidades dentro das 240 vacinas em análise hoje no mundo. Quanto mais vacinas tivermos disponíveis, melhor para toda a população mundial”, disse Okumoto.

“E a vacina russa, conhecemos hoje especificamente toda a sua proposta. Estaremos, então, através de um protocolo de intenções, dando início ao processo onde poderá ser benéfica essa produção dessa vacina aqui para o Distrito Federal”, acrescentou. 

Leia Também:  Polícia busca menino de 13 anos desaparecido há quase um mês em SP

Osnei Okumoto havia sido exonerado do cargo de Secretário de Saúde do Distrito Federal em março deste ano. O secretário, porém, retornou ao cargo de forma interina após a prisão de Francisco Araújo, há três dias. Esta matéria contém informações do G1 .

Propaganda

NACIONAL

Dirigir alcoolizado aumenta mais de três vezes a chance de morte

Publicados

em


source

Agência Brasil

a
Arquivo/Agência Brasil

O número de óbitos ocorreu em 10% dos 5.150 acidentes registrados em que há, pelo menos, um motorista suspeito de dirigir bêbado


O número de mortes causadas por acidentes de trânsito em que há suspeita de embriaguez chegou a 551 no estado de São Paulo, no período de janeiro de 2019 a julho de 2020. O número de óbitos ocorreu em 10% dos 5.150 acidentes registrados em que há, pelo menos, um motorista suspeito de dirigir bêbado.


A taxa geral de mortalidade em acidentes de trânsito no estado é de 3%, ou seja, dirigir sob efeito de álcool aumenta em mais de três vezes a chance de morte. Os dados, divulgados hoje (24), são do programa Respeito à Vida, da Secretaria de Governo do Estado de São Paulo.

Leia Também:  Quase 40 mil cargos comissionados foram entregues para partidos

O levantamento abrange os acidentes de trânsito registrados pela Polícia Militar com infrações aos artigos 306 e 307 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que referem-se a dirigir sob a influência de álcool e recusar-se a fazer o teste do bafômetro.

“A embriaguez no volante é um problema sério, que triplica os riscos e coloca muitas vidas em jogo . Ampliaremos nossos esforços no sentido de levar ainda mais informação e conscientização para a população. Só a mudança efetiva de comportamento pode mudar esse cenário”, afirma o diretor-presidente do Detran de São Paulo, Ernesto Mascellani Neto. 

O levantamento mostra ainda que, de janeiro de 2019 a julho de 2020, houve mais registros de mortes causadas por acidentes de trânsito nas vias municipais (275) do que nas rodovias (267). A maioria das vítimas fatais são os jovens de 18 a 24 anos (55%), seguidos pelo público entre 50 e 59 anos (19%).

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA