NACIONAL

VÍDEO: Tempestade de areia invade cidade no interior de São Paulo

Publicados

em


source
Nuvem 'engoliu' a cidade de Franca e assutou os moradores
Reprodução/redes sociais

Nuvem ‘engoliu’ a cidade de Franca e assutou os moradores

Um fenômeno da natureza assustou os moradores do município de Franca, localizada a 313 km de São Paulo, neste domingo (26). Isso porque uma  tempestade de poeira invadiu a cidade. As informações são do jornal A Folha de S.Paulo. Assista o momento em que a densa núvem ‘engole’ parte do interior paulista:

A ocorrência impossibilitou os comerciantes a permanecerem com as portas abertas e os motoristas de dirigir pela cidade. Moradores também relataram dificuldade para respirar durante a passagem do fenômeno.

Eduardo Rodrigues Sanches, comerciante de 56 anos, percebeu a nuvem de poeira quando saia para levar o filho a um supermercado local. “Foi uma cena apavorante, ficou tudo tomado pela poeira, eu não enxergava nada na minha frente. Do lado, muitas sacolas, folhas e papéis estavam voando para todo lado e até o carro sacudia com o vento. Todo mundo ligou o pisca alerta dos carros. Fiquei com medo porque a gente não pode subestimar a força da natureza.”

Leia Também:  Quadro insuficiente prejudica atuação do Ibama, diz auditor do TCU


Jardinópolis, Orlândia, Dumont e Ribeirão Preto também registraram situações semelhantes. Em todos estes pontos houve falta de energia e, em algumas localidades, queda de serviço de internet.


A orientação da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) foi de não desperdiçar água durante o processo de limpeza dos imóveis, pois a região, atualmente, enfrenta um período de racionamento no abastecimento hídrico.

“Sabemos que o evento atípico de hoje (26/9) trouxe uma grande quantidade de poeira e fuligem para dentro das casas. Mas o município passa por um período de severa estiagem, com rodízio no abastecimento de água. É preciso que todos que usem a água de forma consciente, sem desperdícios” informou a Sabesp.

Propaganda

NACIONAL

Médico sobrevive a naufrágio em MS, mas perde 4 parentes e um amigo

Publicados

em


source
Médico sobrevive a naufrágio em MS, mas perde 4 parentes e um amigo
Reprodução/Unimed Rio Preto

Médico sobrevive a naufrágio em MS, mas perde 4 parentes e um amigo

O médico Geovanne Furtado Souza foi o único sobrevivente de um  grupo de seis pessoas que estava no barco-hotel que naufragou nesta última sexta-feira (15) no rio Paraguai, no estado do Mato Grosso do Sul. No momento do naufrágio, o médico estava com o pai, o tio, o sobrinho, o cunhado e um amigo.

O grupo viajou para praticar pescaria. Somente o médico conseguiu nadar após o naufrágio e espacar. A prefeitura declarou luto, enquanto a Câmara Municipal prestou condolências.

Segundo o Corpo de Bombeiros, 21 pessoas estavam a bordo do barco-hotel e seis pessoas morreram. Quatorze pessoas foram resgatadas e o Corpo de Bombeiros continua procurando a última vítima.

“A principal dificuldade que nós estamos tendo é o acesso a essa última vítima. Ela está num local de difícil acesso dos mergulhadores. Estamos traçando algumas estratégias para poder alcançar e resgatar essa, que é a sétima vítima”, declarou Rodrigo Alves Bueno, responsável pelo resgate.

O barco naufragou a cerca de cinco quilômetros do Porto Geral de Corumbá, em um trecho do rio Paraguai atingido por ventos de 45 km/h. A chegada de uma frente fria ao estado causou um temporal de areia que “transformou” o dia em noite em várias cidades do estado.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA