Momento Pet

O que as fezes do cachorro dizem sobre a saúde dele?

Publicado

 

Uma das principais rotinas dos donos de cães é recolher as fezes do animal, nesse momento é importante ficar atento à aparência e consistência dos dejetos. Ricardo Cabral, médico veterinário da Virbac, conta que "Alterações na qualidade, na quantidade e na frequência podem ser sinais de doenças leves, como uma verminose, e graves, como tumores intestinais". 

Tais alterações podem ser de diversos tipos: diarreia, ressecamento, presença de sangue ou muco, coloração, aumento ou diminuição da frequência. Cada uma delas em particular pode indicar a origem do problema. 

cachorro defecando

Shuttersock

Prestar atenção nas fezes do cachorro é muito importante

"O tutor recolhe diariamente as fezes do cachorro e sabe qual é a aparência normal, então qualquer alteração levanta uma bandeirinha amarela de atenção. A alteração mais comum é a diarreia , que pode ter muitas causas: doenças infecciosas, inflamatórias, neoplásicas e parasitárias, que são as mais frequentes e podem ser prevenidas com o uso de vermífugos", explica o veterinário. 

Quando o dono observa que as fezes estão em formato de bolinha, que a frequência  diminuiu e que o cachorro fica na posição para defecar, não sai nada e sente dor,  o problema pode ser o ressecamento . Ricardo Cabral diz que isso normalmente é causado por alteração no peristaltismo do intestino ou alimentação inadequada. 

A presença de sangue nas fezes pode ser causada pelo ressecamento ou por fatores mais graves, entre eles estão perfuração de um órgão por ingestão de objeto pontiagudo, gastroenterite hemorrágica, parvovirose , rotavirus, cronavirus, entre outros. 

Já o muco , geralmente de cor amarelada, costuma indicar que o cachorro está sofrendo com intolerância ou alergia alimentar e parasitas.

"Qualquer alteração no formato, na consistência ou na frequência das fezes do cachorro deve ser levado em conta. Pode ser que seja uma alteração simples de alguma coisa que o pet comeu e não fez bem, mas o tutor precisa observar porque se isso não passar dentro de um ou dois dias é preciso recorrer ao veterinário. Na consulta, muitas perguntas a respeito das alterações serão feitas e se o dono souber respondê-las o diagnóstico é muito mais fácil", afirma Ricardo. 

Fonte: IG PET

Comentários Facebook
publicidade

Momento Pet

Cão abraça irmão em pedido de desculpas; vídeo é muito fofo

Publicado


source

Brigas entre irmãos são bastante comuns até mesmo entre os cachorros. Um vídeo de dois cães comprovando isso ganhou a internet. Após roubar o petisco do companheiro Kiko, Watson se sentiu culpado e abraça ele em um registro que viralizou no Instagram.

A tutora dos dois, Jen Medrano, registrou o momento em que dá um sermão em Watson por ter roubado o petisco do irmão, após ter comido o seu. O cão tenta desviar da bronca no início mas, logo em seguida, surpreende e abraça Kiko. O vídeo já acumula quase meio milhão de visualizações.

Cão golden abraçando pescoço de outro golden
Reprodução/ Instagram

Cão abraça irmão em pedido de desculpas; vídeo é extremamente fofo

Alguns deles ficaram encantados com o gesto fraterno e comentaram coisas como “E é por isso que eu amo os animais mais do que tudo na vida”. A conta dos irmãos possui mais registros de seus momentos juntos que são acompanhados por quase 1 milhão de seguidores.

Ver essa foto no Instagram

A dog’s way of saying sorry

Uma publicação compartilhada por Watson & Kiko (@wat.ki) em 22 de Jun, 2020 às 12:43 PDT


Ver essa foto no Instagram

Be the Watson to my Kiko… #bestfriends

Uma publicação compartilhada por Watson & Kiko (@wat.ki) em 29 de Jun, 2020 às 9:35 PDT




Fonte: IG PET

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Pet

Seu cachorro te faz de trouxa? 7 situações comprovam que sim

Publicado


source

Você é daquele tipo de dono que faz de tudo para o cachorro, como se ele fosse gente? E não importa o que seja: vai desde dar comida na boca até desistir de dar uma bronca por causa da carinha de coitado que ele fez. Cuidado, você pode estar sendo adestrado pelo pet, o que não é benéfico para nenhum lado. 


O adestrador André Almeida, do Adestramento Comportamental, lista 8  situações em que os donos fazem “papel de trouxa” e explica porque elas acontecem. 

1. O cão pede comida toda hora e você acha que ele está com fome

via GIPHY


Apesar da carinha de pidão super fofa, provavelmente o seu cão não está com fome, ele só quer ganhar atenção. André explica que “os cães são estimulados pelo o que acontece depois da ação deles”. Isso quer dizer que ele só fica no pé chamando sua atenção porque quando ele faz isso ele ganha atenção. Se você ignorá-lo, a chance de ele te pedir diminui.

Tudo não passa de um condicionamento, que se reforçado, pode influenciar negativamente na dieta do animal. O cão pode acabar se recusando a comer a ração e só aceitar outros tipos de comida. 

2. Pega as suas coisas (chinelo, meia) sem permissão e você acha fofo

via GIPHY


O comportamento não é fofo. É apenas mais uma forma que seu cão encontrou para chamar a sua atenção – e você sempre cai nessa! “Assim, ele consegue carinho ou uma bronca. Dependendo da situação que ele estava, até uma bronca é melhor do que não receber nada”, explica André. 

3. Você se derrete com a cara de coitado que o cão faz quando apronta

via GIPHY


Mais uma vez, seu cachorro fez o que quiz com você. “O dono briga com o cão, ele faz aquela cara de ‘desculpa’. O que vem depois é um carinho. Ele vai entender que o que ele fez foi bom”, afirma o adestrador. Prepare-se para outra bagunça em breve. 

4. Finge que não escuta quando o dono chama

via GIPHY


Ninguém gosta de ser ignorado, mas se for pelo cachorro está tudo bem? Quem manda em quem? 

André explica que essa situação “normalmente isso acontece porque você não tem algo que interessa ao cão”. “Se você fala ‘tó’ ele vem correndo porque entende que vai ganhar algo. Mas se você emenda o nome dele com um tom bravo, ele entende que é algo ruim e vai te ignorar.”

5. O cão faz tudo sozinho… quando quer 

via GIPHY


Subir as escadas, na cama, no sofá, jogar a bolinha. O seu cachorro consegue fazer tudo isso, mas quando você está por perto desaprende, é você que tem de fazer tudo por ele. “Seu cão está te treinando”, alerta o adestrador. 

Isso só acontece porque tudo que ele ganha com o comportamento é mais gratificante do que ele fazer sozinho. “O cão chega do lado da cama e chama a sua atenção até você pegá-lo, dar um beijo, um abraço.” Ele poderia subir sozinho e ganhar tudo isso, mas te usa.  

6. Se recusa a comer e você dá a comida na boca dele

via GIPHY



Essa é outra coisa que o seu cão poderia fazer perfeitamente sozinho, mas, por algum motivo, você acaba achando que não. É tudo uma bola de neve: o animal não tem horário para comer ou come muito, aí quando você quer que ele coma, ele não está com fome. E a culpa disso é toda sua.

“Quando o cão tem alimentação no horário correto, passeio, disciplina, isso gera um pet menos chantagista”, explica André. 

7. Faz várias coisas erradas até você decidir levá-lo para passear e, quem sabe, acalmá-lo

via GIPHY

Mesmo que você não esteja com disposição para passear com o cachorro, ele consegue tudo que quer – isso já ficou claro nas situações anteriores. 

“O cão vai mudando o comportamento até ganhar que deseja.  Ele late e não adianta, aí ele morde o pé da cadeira e você vai buscar a coleira. Pronto, objetivo alcançado.”

Como evitar ser feito de trouxa pelo pet? André explica no vídeo abaixo. 


Fonte: IG PET

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana