Política Nacional

Olavo de Carvalho recebe alta hospitalar após crise respiratória

Publicado


source

O “guru” do presidente Jair Bolsonaro , o escritor Olavo de Carvalho , recebeu alta, neste sábado (22), após ter sido internado em um hospital por conta de uma crise respiratória.

Suspeitos de matar brasileira nos EUA são presos no Espírito Santo

A informação foi divulgada em seu perfil nas redes sociais.


De acordo com Olavo, a crise respiratória foi em decorrência de uma cirurgia realizada em 2018 de retirada de um tumor de nascença em suas costas. Olavo afirmou que, agora, foi internado no hospital por dois dias.



Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Para Carlos Bolsonaro, ajuda a informais fará Brasil “partir para socialismo”

Publicado


source
homem de gravata arrow-options
Renan Olaz/CMRJ

Carlos Bolsonaro

O vereador Carlos Bolsonaro usou as redes sociais na manhã desta quarta-feira (1) para criticar o auxílio financeiro de R$ 600 dado como alternativa a trabalhadores informais que não possam trabalhar durante crise do coronavírus no Brasil.

Para ele, a medida será o primeiro passo para que consigam “fazer o que tentam desde antes de 1964” no Brasil. “O desenho é claro: partimos para o socialismo. Todos dependentes do estado até para comer, grandes empresas vão embora e o pequeno investidor não existe mais”, afirmou em publicação.

Leia também: Governo mantém fronteira com Venezuela fechada

Carlos pontuou, ainda, que o “liberal” cumpre, com essa decisão, a função de ser “o papel higiênico da esquerda em troca de migalhas”. Veja, abaixo, fala do vereador:


Aprovado pelo Senado nesta segunda-feira (23), o Projeto de Lei 1.066 vai conceder um auxílio emergencial de R$ 600 até R$ 1,2 mil para que trabalhadores consigam se sustentar durante a crise econômica provocada pelo coronavírus.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Projeto suspende prazo para declaração do Imposto de Renda durante pandemia da Covid-19

Publicado


.
Michel Jesus/ Câmara dos Deputados
Ações preventivas da vigilância sanitária e possíveis consequências para o Brasil quanto ao enfrentamento da pandemia causada pelo coronavírus. Dep. Perpétua Almeida (PCdoB - AC)
Perpétua Almeida:  o cumprimento de prazos de obrigações tributárias e fiscais e o pagamento de contas tornam-se uma dificuldade a mais

O Projeto de Lei 985/20 suspende prazos para que cidadãos e empresas apresentem nove obrigações contábeis e fiscais acessórias, como a declaração do imposto de renda, por exemplo, durante o período da pandemia da Covid-19 no Brasil. O texto altera a recém-aprovada Lei Nacional da Quarentena (Lei 13.979/00) para também suspender a cobrança de juros e multas por atrasos no pagamento de financiamentos imobiliários e de veículos, de tributos federais e de empréstimos feitos por pessoas físicas e jurídicas.

Entre as obrigações que teriam o prazo suspenso estão: a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (Dirpf); o Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIP); e a Relação Anual de Informações Social (Rais).

Autora do projeto, a deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) entende que o Estado brasileiro deve concentrar os esforços em medidas econômicas que amenizem os impactos recessivos, a perda de empregos e renda, a quebra de empresas e o inadimplemento de pessoas jurídicas e físicas no País por conta da necessidade de isolamento social para conter o avanço da Covid-19.

“O isolamento social impõe aos cidadãos e as empresas um conjunto enorme de privações e limitações. O simples cumprimento de prazos relativos a obrigações tributárias e fiscais, bem como, o pagamento de contas, financiamentos e empréstimos tornam-se uma dificuldade a mais na vida das pessoas físicas e jurídicas neste momento de pandemia”, diz a deputada.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Rachel Librelon

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana