Momento Tecnologia

Paquera mais moderna: Facebook Dating lança recurso de Stories no Brasil

Publicado

source

Olhar Digital

facebook dating stories arrow-options
Reprodução/Twitter

Facebook Dating adiciona recurso de Stories


O Facebook anunciou nesta quinta-feira (21) que está levando os Stories para o Facebook Dating , aplicativo de paquera da empresa. Em comunicado à imprensa, a rede social explica que está adicionando o recurso para “ajudar o usuário a mostrar um pouco mais sobre ele” e fornecer alternativas para conhecer melhor uma pessoa antes e depois do match .

Para usar a ferramenta, você deve criar um Story no Instagram ou no Facebook e, então, procurar a opção de compartilhamento com o Facebook Dating . Vale destacar que não há a opção de criar Stories diretamente pelo recurso.

Leia também: Aplicativo de relacionamento vai promover conversas em vídeo entre desconhecidos

Ao visualizar perfis no Facebook Dating , o usuário poderá assistir aos Stories de matches em potencial e, se tiver vontade, clicar no botão Curtir para que a pessoa saiba do seu interesse. Se você der match com alguém, poderá continuar reproduzindo os Stories dessa pessoa para conhecê-la melhor e iniciar uma conversa.

facebook dating stories arrow-options
Reprodução

Agora, dá para adicionar Stories ao Facebook Dating


Leia mais:  Youtubers famosos têm suas contas roubadas; veja com se proteger

Por medidas de privacidade e segurança, o usuário da plataforma terá controle sobre quais Stories deseja compartilhar no perfil, e as pessoas que você bloqueou ou descartou não poderão mais visualizá-los. Além disso, o conteúdo que for considerado inapropriado pode ser denunciado a qualquer momento.

O compartilhamento dos Stories no Facebook Dating não altera as configurações de público existentes no Facebook ou no Instagram , mas os Stories que você escolher compartilhar na plataforma de paquera serão visíveis para outros usuários da ferramenta.

Comentários Facebook
publicidade

Momento Tecnologia

Novo Mac Pro pode custar quase meio milhão de reais no Brasil

Publicado

source

Olhar Digital

Mac Pro arrow-options
Divulgação

O novo Mac Pro pode ultrapassar os R$420 mil reais


O novo Mac Pro , “carinhosamente” apelidado de “ralador de queijo”, entrou na última terça-feira (10) à venda nos EUA , onde custa desde US$ 5.999 e pode chegar a mais de US$ 50 mil, configurado com todos os opcionais e upgrades disponíveis.

A máquina ainda não está à venda no Brasil , mas o site Tecnoblog descobriu os preços locais acessando links ocultos no site. E eles são, digamos… estratosféricos. Sim, sabemos que o Mac Pro é uma máquina profissional, e não doméstica, e que quem vai “pagar a conta” provavelmente é uma empresa cuja produtividade e lucros depende da máquina. Mas ainda assim, é difícil não ficar impressionado.

Leia também: Será que o novo Mac Pro seria um bom ralador de queijos? Youtuber faz o teste

O modelo mais “barato” tem processador Intel Xeon W com 8 núcleos a 3,5 GHz, 32 GB de RAM, placa de vídeo AMD Radeon Pro 580X com 8 GB de memória GDDR5, SSD de 256 GB e base com pé fixo. O total? R$ 55.999,00.

Leia mais:  Peugeot 2008 Allure Pack da linha 2020: atraente pelo preço

Já o modelo mais caro, com todos os upgrades possíveis, tem um processador Intel Xeon W de 28 núcleos a 2,5 GHz, 1,5 TB (sim, Terabytes ) de RAM, duas GPUs Radeon Pro Vega II Duo com 64 GB (2x 32 GB) de memória HBM2 cada, SSD de 4 TB e gabinete com rodinhas, sai por “apenas” R$ 428.799,00.

Felizmente, a compra pode ser parcelada em até 12x sem juros, e quem tem mais dinheiro disponível poderá aproveitar um desconto de 10% no pagamento à vista. O valor do frete não foi informado, mas com esse valor dá para fazer frete grátis, né Apple ?

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Tecnologia

Aplicativo de traição mostra que usuários são fiéis… aos seus empregos

Publicado

source
aplicativo Ashley Madison arrow-options
Reprodução

Ashley Madison é uma rede social de relacionamentos para pessoas comprometidas


Uma pesquisa realizada com membros do aplicativo Ashley Madison revelou que quem gosta de trair o parceiro pode ter uma postura bastante diferente quando o assunto é carreira. 74% dos usuários da rede social de namoro voltada para pessoas comprometidas passaram mais de 10 anos no mesmo emprego. 

Esse comprometimento com a vida profissional não se reflete na vida conjugal. Pesquisas anteriores da plataforma mostraram que a maioria dos membros de Ashley Madison levam apenas alguns meses para iniciar um caso extraconjugal. E, ao contrário do casamento, a carreira dos usuários do site vai muito bem, obrigado: 91% deles afirmaram gostar dos seus trabalhos atuais. 

Leia também: Fala de políticos com o crush? Tinder revela nomes mais citados no app nos EUA

Sobre a fidelidade às carreiras por parte dos infiéis nos relacionamentos, Isabella Mise, diretora de comunicações da Ashley Madison, brinca: “realmente, quando seu cônjuge diz que vai ficar até tarde no escritório hoje à noite e você acha que ele está em um caso, ele pode estar apenas dizendo a verdade”.

Leia mais:  Toyota Corolla é o primeiro híbrido nacional. Confira detalhes no vídeo

Tinder dos casados

Mais um dado paradoxal é que 55% dos membros da rede social nunca deixaram seus empregos para um concorrente. Concorrência é o que não falta, porém, no Ashley Madison. Hoje, a rede social já tem mais de 54 milhões de membros em todo o mundo, todos atrás de encontros extraconjugais. 

Leia também: Tinder do emprego: conheça a plataforma que vai dar seu match com a sonhada vaga

Lançada em 2001 nos Estados Unidos, a rede social faz sucesso também no Brasil. Em 2018, os brasileiros já eram o segundo maior público da plataforma, perdendo apenas para os norte-americanos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana