PET

5 curiosidades sobre a gestação de cadelas que você talvez não saiba

Publicados

em


source

gestação de uma cadela é um momento delicado que requer muitos cuidados.  Assim como mulheres tem sua rotina transformada pela gravidez, a futura mamãe de cães também tem sua vida afetada por esse momento.

Para saber algumas curiosidades que você talvez não saiba sobre o assunto, conversamos com a veterinária Natália Lopes, Gerente de Comunicação Científica da Royal Canin Brasil. Confira e fique por dentro.

1. Sua gestação é bem mais curta que a dos humanos

De acordo com Natália, o tempo da gestação das cadelas é, em média, de 2 meses. Pode ter uma variação de 56 a 68 dias após a cópula.

2. Elas podem ter a muito mais filhotes de uma vez 

No Guiness Book a maior ninhada registrada tinha nada menos que 24 filhotes! Era de uma cadela da raça mastiff napolitano, do Reino Unido, em 2004. Porém, não existe uma média de filhos. A capacidade de fertilização entre os cães pode sofrer variação de fatores externos e internos. Alguns exemplos são a alimentação, o escore de condição corporal, estresse, idade, uso de medicamentos, maturidade sexual, porte e outros.

Leia Também:  Este cão ganhou um melhor amigo e conseguiu superar a ansiedade

3. Elas fazem “ninhos” antes do parto

Geralmente, na semana que antecede o parto, a cadela passa a adotar um comportamento tendencioso a fazer “ninhos”: ela pode se isolar em um local tranquilo ou buscar a companhia do tutor. Além disso, geralmente a temperatura corporal cai 1 grau Celsius no dia do parto. Liberação de secreção inicialmente mucosa, e depois esverdeada (da placenta) indica que o parto está começando.

4. Gestação e bem-estar das cadelas não estão ligados

Ao contrário do que se pensa por aí, não existem comprovações científicas que demonstrem que a gestação aumente a qualidade de vida e o bem-estar das cadelas. Já a castração, pode trazer benefícios relacionados ao menor risco de desenvolvimento de tumores mamários e piometra, doença no trato uterino que atinge cadelas não castradas.

5. Elas também podem sofrer de gravidez psicológica

Algumas mulheres, sofrem de sintomas da gravidez, mesmo sem estarem grávidas. O mesmo pode acontecer com as cadelas. O organismo da cadela sofre todas as alterações de uma gestação, porém não houve fecundação. Essa situação é chamada de pseudogestação, mais popularmente conhecida como gravidez psicológica. 

Leia Também:  Tudo o que você precisa saber sobre o adestramento com coleira eletrônica


Fonte: IG PET

Propaganda

PET

Gatinho não desgruda de cão e cena fofíssima encanta a web; assista

Publicados

em


source
Gatinho grudado na pata de golden retriever
Reprodução/ Twitter

Gatinho não desgruda de cão e proporciona cena fofíssima; assista

Mesmo que algumas pessoas acreditem que cães e gatos não podem conviver juntos pelas personalidades diferentes desses animais, alguns desses pets provam o contrário e compartilham nas redes momentos fofíssimos juntos e de muito amor e carinho . Recentemente, o Twitter foi palco para mais um desses momentos com um gatinho grudado a um cão.

Um vídeo, extremamente adorável, foi publicado em uma página de pets da rede social e já passa de 1 milhão de visualizações. Nele, um gatinho aparece grudado em um cão da raça golden retriever, não largando de uma das patas do animal. O cachorro, por sinal, não parece se incomodar e proporciona lambeijos no felino.

Leia Também:  Família improvisa degrau para que cão consiga ver amigos por cima do muro

“Não é natural, mas se eles crescem sem saber que são diferentes, esse é o resultado”, comentou um usuário da rede. Esse gatinho e esse cãozinho são prova viva de que todos podem conviver lado a lado, com muito amor e carinho.

Fonte: IG PET

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA