PET

Cachorros ficam agitados após o banho para gastar energia acumulada; saiba mais

Publicados

em


source
O banho pode ser um momento divertido ou até mesmo uma
JeongMin Yi/Pixabay

O banho pode ser um momento divertido ou até mesmo uma “tortura” para o cachorro

Os cachorros têm comportamentos específicos para determinadas situações, eles podem reagir com muita felicidade a uma mínima interação recebida do tutor, ou mesmo ficar extremamente agitado logo após a saída do banho.

Muitas pessoas preferem a comodidade de um petshop a dar o banho no pet na própria casa, mas emergências podem acontecer, como o cachorro simplesmente se esfregar no cocô ou na carniça durante um passeio.

Esse comportamento também faz parte da natureza dos cachorros, já que os antepassados dos caninos mascaravam o próprio cheiro com o odor forte da sujeira para não ser identificado pelas presas e até mesmo para mostrar aos companheiros de matilha por onde ele havia andado.

O fato é que qualquer um que já tenha dado banho no cachorro em casa certamente já presenciou um alto nível de agitação logo após a saída do banho. Toda essa agitação não tem uma explicação cientificamente exata, mas existem algumas teorias. Alguns especialistas chamam essa agitação de FRAPS, sigla em inglês para “período de atividade frenética e aleatória” (Frantic Random Activity Periods).

Leia Também:  Pássaro faz ninho em árvore artificial em refeitório de empresa

Alívio e sensação de liberdade

Os cães não gostam de ficar reprimidos enquanto tomam banho e liberam toda essa energia ao saírem
Marcus/Pixabay

Os cães não gostam de ficar reprimidos enquanto tomam banho e liberam toda essa energia ao saírem

Mesmo alguns cães que amam brincar na água não curtem o mesmo quando se trata de banho. O que acontece é que os cães são cheios de energia e, para eles, é difícil estar ali, parado por longos minutos, sendo contidos pelo tutor que passa shampoo e joga água.

A partir do momento em que a “tortura” acaba, os cães se sentem livres e saem correndo para todos os lados, rodopiando e pulando pelo quintal. Se tiver gramados eles vão se esfregar no chão, mas qualquer pano ou toalha que estiver por perto, também vão servir para o pet extravasar a energia acumulada.

O cheirinho de cachorro

Pode parecer delicioso o cheirinho que os cachorros ficam após o banho (especialmente se o banho foi dado depois que o pet se esfregou na sujeira), mas o cheirinho de shampoo não agrada os cães da mesma forma, ainda mais considerando que o olfato deles é muito superior ao dos seres humanos e aquele perfume não vem da natureza.

Leia Também

Rolar na grama, se esfregar na parede ou em tudo o mais que puderem é uma forma dos cães recuperarem o próprio cheiro – o famoso cheirinho de cachorro – e, por mais estranho que possa parecer, para eles o cheirinho da sujeira pode ser bem mais atraente que aquele shampoo todo perfumado.

Leia Também:  Vai adotar um gato?

(Continue a leitura logo abaixo)

Leia Também

Para secar mais rápido

Mesmo que o banho pareça incomodar o cão, brincar na lama será sempre uma diversão
Pixabay

Mesmo que o banho pareça incomodar o cão, brincar na lama será sempre uma diversão

Nem sempre os tutores possuem um secador para ajudar no pós-banho do cachorro e as toalhas não secam completamente os pelos, que acabam ficando relativamente úmidos. Toda aquela agitação, rolar no chão e se esfregar em tudo o que estiver pela frente é uma forma que o cão encontra para se secar mais rápido.

O que talvez possa quebrar um pouco essa teoria é o fato de que muitos cães acabam se atirando na lama pouco depois do banho tomado, para o completo desespero dos tutores. Provavelmente o problema para alguns cachorros seja estar molhado por um motivo que não seja a própria diversão.

Água nos ouvidos

É preciso  ter muito cuidado ao dar banho em cachorros para que não entre água nos ouvidos do pet, o que pode causar problemas como a otite.  Caso, mesmo que em uma brincadeira, entre água no ouvido o cachorro tentará se livrar daquele incômodo esfregando a cabeça em superfícies secas.

Nem todos os cães são avessos ao banho  e alguns até apreciam a experiência, uma boa dica é oferecer brinquedos ao pet para que ele se distraia na hora do banho. Cães que tomam banho em petshop ainda têm a oportunidade de socializar com outras pessoas e outros animais, além de terem pessoas muito mais treinadas e com equipamentos próprios para o banho dos peludos. Após a saída do banho eles estarão renovados e prontos para a diversão.

Fonte: IG PET

Propaganda

PET

Vai adotar um gato?

Publicados

em


source
Cuidados com gatos
Reprodução Pexels

Cuidados com gatos

Se você nunca teve gato e planeja adotar um novo amigo, fizemos uma seleção com 3 cuidados básicos para ter assim que adotar. 

Um dos primeiros cuidados importantes é levar seu gato ao veterinário. Lá o profissional vai avaliar a saúde do seu novo amigo, além de aplicar as vacinas necessárias e passar remédios para tratar vermes e pulgas, por exemplo. 

A alimentação é outro ponto para ter cuidados com o seu gato. O mito de dar leite de vaca aos gatos pode causar alguns desconfortos no seu pet. Isso porque o leite de vaca, por exemplo, geralmente não é digerido pelos gatos e pode causar dor, vômito e diarréia. A alimentação adequada para os felinos é ração, sachês e latas de alimentos úmidos específicos para eles. 

Por fim, um terceiro cuidado importante para ter com o gato é manter sempre a caixa de areia do seu pet limpa. O ideal, além de retirar urinas e fezes sempre, é lavar completamente a cada dois dias. 

Leia Também:  Pássaro faz ninho em árvore artificial em refeitório de empresa
Fonte: IG PET

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA