PET

Canicross: esporte cross country para praticar com o seu cão

Publicados

em


source
Canicross: esporte cross country para praticar com o seu cão
Reprodução/Instagram/@fotovelocidade

Canicross: esporte cross country para praticar com o seu cão




Canicross é um segmento de corrida em que o tutor corre com o um cão. No esporte, humano e cachorro têm contato direto com a natureza, uma vez que ele é realizado em trilhas. A modalidade surgiu na França, criado pelo médico veterinário Gilles Pernound, que também foi responsável por idealizar as primeiras competições de canicross, em 1986. 

Willian Oliveira, educador físico e atleta de canicross, conta como iniciou na modalidade. “Eu organizava um evento de Trail Run quando conheci uma corredora e foi aí que conheci o esporte. Depois disso, eu pesquisei na internet e comecei a praticar com os meus cães, mas no início não foi tão simples. Na época, não tinha o equipamento no Brasil, então tive que confeccionar o meu. Um pouco mais tarde comecei a vender no meu site ”, relata.

Leia Também:  Cachorro com 'braço de fora' na janela joga charme para o carro vizinho

Segundo Willian, ele começou a se preparar para a primeira competição em 2012. “Realizei uma competição na cidade de Saquarema, no Rio de Janeiro, e organizei corridas de canicross até 2017. Depois disso, eu nunca mais parei. Criei um site para divulgar os eventos e vender os equipamentos que eu confecciono”, conta.

(continue a leitura logo abaixo)

Leia Também


O educador físico explica que as regras do canicross são pensadas no bem estar do pet. “O cão deve correr sempre à frente ou ao lado do tutor, mas nunca atrás. Isso acontece porque é o animal que define o ritmo da corrida. Desse modo, se ele estiver atrás, é porque não consegue acompanhar o ritmo do dono”, pontua.

“O percurso deve ser de 2 km até 8 km. Além disso, o equipamento deve ser usado para segurança do cão: cinto para o humano correr com as mãos livres e guia elástica para diminuir o impacto entre humano e cão. Caso o cão seja muito veloz, deve-se utilizar um arnês para que ele corra com conforto. Não deve ser usado coleira de pescoço para o canicross”, detalha. 

Leia Também:  Cachorra é resgatada após 5 dias presa dentro da fenda de uma pedra gigante

Já os benefícios da prática do esporte são iguais para ambos. ”Melhora o condicionamento físico, a qualidade de sono, o aumento da imunidade e dá resistência cardiorrespiratória. Para os cães ainda podemos falar que eles ficarão mais calmos em casa, diminuindo a quantidade de latidos e destruição de objetos em casa”, afirma.

O primeiro passo para quem deseja começar é levar o cachorro para fazer um check-up. Essa é uma medida preventiva para se ter certeza se o animal tem alguma restrição ao exercício. De acordo com William, raças com focinho curto , que tem dificuldade em respirar, podem cansar com mais facilidade. “Mas não são todos os cães dessas raças que têm restrição ao exercício. Eu mesmo já vi Boxer e Bulldog Francês praticando canicross”, comenta. 

Fonte: IG PET

Propaganda

PET

Gato pesca peixe com a boca em lago turístico e surpreende visitantes

Publicados

em


source
Gatinho surpreendeu visitantes ao pescar um peixe
Reprodução

Gatinho surpreendeu visitantes ao pescar um peixe


Um gatinho surpreendeu os visitantes de um lago turístico. Isso porque ele passou um bom tempo contemplando o movimentos dos peixes com muita atenção. De repente, o gatinho decidiu “caçar” um dos peixes na frente de todos.


A atitude do pequeno gato foi inesperada e surpreendeu todos que estavam contemplando a beleza dos peixinhos. O gato usa uma das batinha para atingir o peixe e, em seguida, o pega com a boca.

Assim que apareceu com o peixe, ele recebeu sons de comemoração das pessoas presentes. Mesmo assim, manteve a pose e saiu aindando, o que tornou o momento ainda mais engraçado. Veja o vídeo.

Fonte: IG PET

Leia Também:  Gato pesca peixe com a boca em lago turístico e surpreende visitantes
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA