PET

Homem conquista cachorrinha que não deixava ninguém chegar perto

Publicados

em


source

Cães são animais que possuem muito amor para dar, mesmo que às vezes circustâncias ruins os deixem receosos em demonstrar esse sentimento. Esse é o caso da cachorrinha Honey. Ela vivia nas ruas e não deixava ninguém se aproximar dela. Porém, aos poucos, um homem conseguiu mudar isso e conquistar o coração da pequena.

Ele contou a história ao site americano The Dodo através de um vídeo cheio de registros do momento em que encontrou a cachorrinha, ganhou sua confiança, até quando encontrou um lar para ela, onde poderia ser amada como merece. “Vi um pequeno cão em um estacionamento, tentei chamá-lo, oferecer alguns petiscos, mas ele não vinha até mim e ficava bem longe”, disse no começo do video.

Homem e cachorrinha se aproximando
Reprodução/ The Dodo

Homem conquista cachorrinha

A cachorrinha ficou no mesmo lugar por aproximadamente um mês, sem deixar ninguém chegar perto. O homem decidiu que não ia desistir de tentar ajudar ela e continuou a aproximação ao longo dos dias. Foi quando ele ofereceu uma bolinha amarela que ela começou a derrubar as barreiras que tinha com o humano.

Leia Também:  6 motivos para você não ter um hamster na sua casa

Ao oferecer cada vez mais brinquedos, ele conseguiu finalmente conquistar o coração da cadela e levar ela para casa. “Ao invés de correr de você, agora ela corre até você”, contou. Deu o nome de Honey, cuidou para que ficasse saudável e levou à uma ONG de animais, a fim de encontrar uma família que a acolhesse e desse a vida que merece. 

Poucas semanas depois Honey já possuía um novo lar e agora vive com uma família que não deixará ela se afastar nunca mais.


Fonte: IG PET

Propaganda

PET

Este cão ganhou um melhor amigo e conseguiu superar a ansiedade

Publicados

em


source
Arnold está deitado em um sofá e Frank está ao seu lado
Instagram/arnoldandfrank

Frank (esq.) foi adotado para ajudar Arnold (dir.) a superar a ansiedade


Arnold é um  cachorro de porte grande que vive na Austrália. Apesar do tamanho, ele teve uma infância difícil. Enquanto lidava com a separação da ninhada quando filhote, Arnold foi agredido por um pastor alemão. A situação fez com que ele carregasse um trauma e, consequentemente, sofresse de ansiedade .


A ansiedade é agravada quando ele está próximo de outros cachorros, principalmente os que são muito maiores do que ele. A saída que sua dona, Carolyn Manalis, encontrou foi adotar um cachorro menor do que ele que pudesse lhe fazer companhia.

Para muitos donos, pensar na possibilidade de colocar sob o mesmo teto dois pets de tamanhos diferentes pode causar arrepios. Mas para Carolyn, era um risco a se correr. E o resultado não poderia ser melhor.

Leia Também:  Este cão ganhou um melhor amigo e conseguiu superar a ansiedade

Assim chegou Frank, que é cerca de 30 kg menos pesado que Arnold e foi adotado para passar apoio emocional e ser uma companhia para o cão.

Devido ao seu tamanho, sua presença não foi intimidadora para Arnold. Logo eles se tornaram melhores amigos e passaram a fazer tudo juntos. Tanto que Carolyn criou um Instagram para registrar o dia a dia dessa amizade.


“Frank ajudou Arnold a ganhar confiança para brincar, sem que isso signifique que ele será atacado ou que vai se machucar”, disse Carolyn para o jornal britânico Metro. De acordo com a dona, ter conquistado um amigo foi a melhor maneira de amenizar sua ansiedade.

Ao passo em que Frank ajuda Arnold com a ansiedade, Arnold ensina Frank a viver a vida domesticado. Carolyn diz que Frank acha que Arnold é seu pai. “Tudo que ele aprendeu, ele aprendeu com Arnold. Frank copia tudo que ele faz a ponto de repetir os sons que ele faz como se fosse um papagaio”, explica.

O laço forte que ambos criaram é divulgado para quase 6 mil seguidores na conta do Instagram, em que Carolyn posta fotos dos dois dormindo lado a lado e brincando juntos.


“Meu dia se torna muito melhor quando abro meu Instagram e a primeira coisa que vejo é Arnold e Frank”, diz um internauta em uma das fotos. “Que foto relaxante!”, diz outra em uma foto em que os dois estão dormindo

“Eles são muito conectados, se amam e se apoiam. O laço que esses dois cães criaram é muito bonito”, diz a dona.

Fonte: IG PET

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA