PET

Modelo e mãe de pet: conheça a história Bruna e seus 30 bichinhos

Publicados

em


source

Bruna Zanardo é modelo, influenciadora e miss Laranjal Paulista. Ela já conquistou diversos outros títulos e morou em 17 países. Além do reconhecimento e conquistas no mundo da moda, a modelo é apaixonada por pets , tem 30 deles vivendo em sua casa e ainda sonha em criar uma ONG para ajudar a causa animal.

Ao Canal do Pet,  Bruna contou como concilia a carreira no mundo da moda com a vida de mãe de 30 pets. São muitos cãezinhos e gatinhos que dão um certo trabalho e demandam atenção, amor e carinho. 

Bruna Zanardo é mãe de 30 pets
Reprodução/ Instagram

Bruna Zanardo é mãe de 30 pets

A ligação com os animais começou ainda na infância, mas a agenda internacional impossibilitava que a modelo adotasse um pet. “Eu tinha acabado de voltar de um trabalho internacional e sempre tive muita vontade de adotar. Foi quando conheci um canil que tinha vários cachorrinhos velhinhos ou com problemas de saúde. Não tive dúvidas! Fui logo adotando vários, foi amor demais”, conta.

A modelo adotou os 30 bichinhos ao longo de seis anos. Dos pets de Bruna, 15 demandam cuidados específicos como alimentação diferenciada, exames de rotina e visitas ao veterinário. Bruna afirma que teve medo no início, de ter tantos pets, mas que com muito amor e a mente sempre positiva, não há nada que não pudesse fazer.

Leia Também:  Mano e Mafalda: conheça os pets de Reynaldo Gianecchini

A rotina de Bruna e dos filhos de quatro patas

A modelo conta que todos os 30 já têm uma rotina bem fixa. Acordam às 7h , pedem para ir passear, para fazer xixi, ficam brincando pelo quintal e fazem a primeira refeição do dia. De acordo com Bruna, os bichinhos tem sua própria nutricionista para fazer com que eles tenham a melhor alimentação possível.

Bruna Zanardo é mãe de 30 pets
João Cássio Jr

Bruna Zanardo é mãe de 30 pets

Eles também almoçam no mesmo horário de Bruna, que vai colocando a ração de um por um (isso mesmo, para cada um dos 30). “Depois eles ainda adoram correr e brincar no jardim. Lá pelas quatro da tarde, eles querem saber de cama e descansam pelo menos 30 minutos. Quando acordam, lá vamos nós dar um passeio”, comenta. “Além disso, a cada 15 dias eu mesma dou o banho neles. Adoro, é o dia da bagunça”.

Cuidar de 30 pets é só mil maravilhas?

Bruna diz que a rotina às vezes pode ser um pouco cansativa e o mais difícil de tudo é poder dar uma atenção mais individual para cada um dos bichinhos. Além disso, fazer eles lidarem com a convivência uns com os outros também pode ser tarefa difícil, já que às vezes brigas podem acontecer.

Leia Também:  Fofura! Esse cãozinho escolhendo qual roupa usar vai salvar o seu dia

Outro fator que a modelo ressalta é sobre a conciliação com a carreira. Ela conta com a ajuda da irmã para cuidar dos filhos quando ela não pode. “Quando preciso viajar, eu programo tudo com a minha irmã para que não falte nenhum cuidado, atenção e carinho”.

Bruna Zanardo é mãe de 30 pets
João Cássio Jr

Bruna Zanardo é mãe de 30 pets

Se você se inspirar com a história de Bruna e os 30 pets, deve saber que os bichinhos de estimação são animais que, assim como os seres humanos, precisam de muitos cuidados durante toda a sua vida. Por conta disso, precisam ser adotados conscientemente por pessoas que tem tempo e condições de cuidar deles.

Sonho de ajudar cada vez mais os animais

A causa animal está cada vez mais ganhando força no país. Recentemente, foi sancionada a Lei 1.095/2019 , que aumenta a punição para aqueles que praticarem o ato de abuso ou maus-tratos com animais. Como Bruna nutre uma paixão pelos bichinhos, um de seus sonhos é investir na causa. “Sempre tive o sonho de criar uma ONG ou algum instituto de apoio aos animais, meu amor por eles é tão grande que gostaria de poder ajudar mais”, afirma.

Os 30 pets que tem são sua alegria e Bruna é extremamente grata por eles. “Eu falo que eles são meu filhos, porque precisam dos mesmos cuidados e dedicação de um. É muito prazeroso, ainda mais quando você chega em casa abre a porta e está todo mundo ali te esperando com uma alegria sem fim”, finaliza.

Fonte: IG PET

Propaganda

PET

Conheça o Taxi Dog, o uber voltado para todos os bichinhos de estimação

Publicados

em


source


taxidog
Divulgação

Conheça Hamilton Taurino, que trabalha com o taxi dog, transportando animais por Olinda

Hamilton Taurino, 53 anos, sempre amou animais . Contudo, ele não pode ter um em casa por causa das alergias de sua esposa. Mesmo assim ele e seu filho sonham em um dia terem algum animalzinho de estimação. 

Enquanto a solução para a alergia da esposa não chega, para ficar perto dos bichinhos, o autônomo (que também trabalha na área de refrigeração) criou um serviço de transportes de animais, o Taxi Dog. Em entrevista ao Canal Pet, ele conta um pouco sobre esse trabalho. 

Como nasceu o Taxi Dog 

Há cerca de dois anos, Hamilton estava na casa de um amigo quando o cachorro do colega começou a se debater. Desesperados, os dois começaram a chamar um carro para levar o animal para o veterinário e ninguém queria socorrer. 

Leia Também:  Fofura! Esse cãozinho escolhendo qual roupa usar vai salvar o seu dia

“Eu até comentei com ele, que muitas vezes não querem levar o animal que não tem nenhum problema, imagina com ele se debatendo?  Chamei minha esposa e a gente socorreu, eu vi que ninguém queria socorrer e pensei ‘vou começar a levar para ver se dava certo’’, conta. 


O plano funcionou e hoje Taurino transporta todos os tipos de animais de estimação, cachorros, gatos, até passarinhos. Ele costuma fazer de três a quatro corridas ao dia. Seus clientes o conhecem e o chamam pelas redes sociais. 

Amor pelos bichinhos 

Hamilton acrescenta que a maioria das corridas é para levar os animais para os veterinários. Em segundo lugar vem a ida para o pet shop e ocasionalmente, para passeios. “Na semana passada, inclusive, tive muitas chamadas para uma exposição de Pit Bulls que aconteceria em um shopping daqui, em Olinda.” 

Ele revela que a parte que mais gosta do seu trabalho animal é ver como os tutores amam seus bichinhos. “A pessoa que me chama ama muito os animais, são pessoas bem humanas e sensíveis, de bom coração”. Agora, a parte que menos gosta, é que muitas vezes, por conta do trânsito, atrapalha na hora de socorrer os animais de estimação. Mas, tirando isso, Taurino não se imagina fazendo outra coisa. “Para fazer minha profissão tem que amar muito os bichinhos”. 

Além dessas situações de afeto, o motorista também vive histórias divertidas, como a situação que descreve envolvendo um rottweiller e um alto-falante. 

“Teve um transporte que eu fiz, meu carro tem uma pequena parte para o auto falante, eu fui levar um Rottweiler bem novinho que queria porque queria entrar no alto-falante. Foi bem engraçado esse momento, ver um cachorro daquele tamanho tentar entrar lá, mas no final deu tudo certo”.

Fonte: IG PET

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA