PET

Oito pitbulls super fofos que vão mudar a sua visão sobre eles

Publicados

em


source
Pitbull faz carinho em criança
Divulgação/GoFundMe

Pitbull faz carinho em criança


Muita gente diz que os p itbulls são agressivos, perigosos  e que não podem conviver com as pessoas. É muito comum, inclusive, que eles só sejam escolhidos como cães de guarda. Porém, há muitas  informações sobre eles  que  mostram que mostram que essa visão está errada e que esses cães podem ser tão companheiros e amorosos quanto os de outras raças.

Para demonstrar isso fizemos uma lista com nove pitbulls muito fofinhos que, certamente, vão mudar a sua forma de pensar sobre eles.

O primeiro vem direto de Los Angelos, nos Estados Unidos. Olha só esse cochilo gostoso, ao som da trilha sonora do Rei Leão (Disney), compartilhado entre baby Pitbull e baby humano. A legenda do post deixa bem claro a dúvida: Tem muito para amar e agradecer neste mundo. Por que as pessoas apenas focam no ódio? 


E este pitbull sorridente e de lencinho? Iti malia, que coisinha mais estilosa!

Como resistir ao sorriso desta doguinha?


Até quem um dia teve medo acaba se rendendo à simpatia desses grandalhões, como é o caso da Isabela e sua cadelinha Cacau. 

O que dizer dessa carinha de inocente do Pipoca?


E a Ronda toda estilosa na praia, gente?! A descrição do perfil diz que ela é linda, hiperativa, inteligente, brincalhona e dengosa. Não mentiu, mas esqueceu de dizer que é muito estilosa e que usa até biquina na praia!!!!!

Esse é daqueles vídeos que já deixam o nosso dia melhor: cenas de carinho entre uma mamãe pitbull e seu filhote.

Mas não se engane!!!!! Eles podem ser muito ferozes, como esse chocolatinho abaixo (contém ironia)


Fonte: IG PET

Leia Também:  Cachorro e coelha são melhores amigos e fazem tudo juntos
Propaganda

PET

Cachorro e coelha são melhores amigos e fazem tudo juntos

Publicados

em


source
Cachorro e coelha são melhores amigos e fazem tudo juntos
Reprodução/Instagram

Cachorro e coelha são melhores amigos e fazem tudo juntos

Para alguns animais, a espécie é só um detalhe na hora de fazer amizade, como aconteceu para essa dupla de amigos formada por um gato e um cavalo . Na casa da estadunidense Jessica, rolou uma situação semelhante. A família já tinha um cachorro quando resolveu adotar uma coelha, sem saber que essa seria a melhor coisa que eles fariam.

Jessica era dona de Roman, um cachorro bem agitado e um tanto quanto estabanado e bruto. Mas tudo mudaria com a chegada da coelha Sugar. “Ela veio de um criador que não queria mais cruzar ela. Então eu falei para o meu marido: ‘Ei, que tal resgatarmos um coelho'”, a dona dos dois relembra em entrevista ao site The Dodo.

A estadunidense diz que foi super rápido para o cachorro e a coelha se conhecerem e logo eles já estavam se dando bem. “Foi na primeira semana que nós trouxemos ela para casa. Sugar ficou solta para saltar por aí e fazer o que ela quisesse. Roman estava deitado no chão e deixou ela pular ao redor dele. Depois ele rolou até ficar de costas e sorriu para mim. Quando eu vi que isso aconteceu eu fiquei ‘tudo bem, alguma coisa está acontecendo aqui'”, conta.

Você viu?

“O momento que eu percebi que eles estavam bem foi quando Roman tirou um cochilo no lugar onde Sugar ficar e ela se deitou perto dele e também dormiu. Se os coelhos dormem com as patas esticadas eles estão tranquilos e foi isso que ela ao lado dele. Agora eles fazem tudo juntos”, ela completa.

Jessica fala que os pets não se desgrudam e tem uma rotina juntos. Eles adoram brincar juntos e todas as manhãs aproveitam um tempo ao ar livre com a dona. Ela também fala que Sugar deixa Roman encostar nas patas e na cabeça dela, algo que a coelha não permite mais ninguém fazer.

“Eu sei que ter o Roman ajudou com que a Sugar se sentisse segura aqui, porque ela tem um amigo. Sugar ajudou o Roman a aprender como ser sensível e respeitar o espaço dela”, Jessica conclui.

Fonte: IG PET

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA