PET

Polícia investiga paradeiro do ‘maior coelho do mundo’: recompensa de R$ 15 mil

Publicados

em


source
Annette Edwards e seu coelho Darius
Reprodução/Twitter

Annette Edwards e seu coelho Darius

A polícia britânica informou nesta terça-feira (13) que está investigando o paradeiro de Darius, coelho que pertence a ex-modelo da Playboy , Annette Edwards.  

Os investigadores acreditam que o animal tenha sido furtado de dentro do quintal da família, em Worcestershire, na Inglaterra. Inicialmente a recompensa oferecida por Annette era de mil libras, algo em torno de R$ 7,8 mil, mas seu desespero pelo retorno do pet já a fez aumentar o valor para duas mil libras, valor que supera os R$ 15 mil.

Em publicação em sua conta no Twitter, a modelo disse estar chateada e pede que tragam Darius de volta, informando o atual valor da recompensa.

Leia Também:  Bombeiros quebram calçada para resgatar gato filhote, em Recife

Segundo a modelo, o coelho de 11 anos, já é muito velho para procriar e precisa seguir uma dieta especial, por questões de saúde.

“Cada animal é um indivíduo que não pode ser substituído”, disse Edwards ao jornal britânico The Daily Telegraph.

Em 2010 o coelho da raça conhecida como “gigante alemão” recebeu o título de “maior coelho vivo” pelo Guinness Book.

Fonte: IG PET

Propaganda

PET

Fundador do Facebook chama sua cabra de ‘Bitcoin’

Publicados

em


source
Em uma postagem no Facebook, Zuckerberg revelou recentemente seus bodes de estimação Bitcoin e Max
Bruno Gall De Blasi

Em uma postagem no Facebook, Zuckerberg revelou recentemente seus bodes de estimação Bitcoin e Max

O CEO do Facebook, detentor de redes como Instagram e WhatsApp, Mark Zuckerberg, levou internautas a loucura ao revelar que batizou uma de suas cabras como Bitcoin, nome que é dado a uma das principais criptomoedas do mundo.

Existem rumores de que o fundador do Facebook seja dono da criptomoeda, contudo ele não disse nada oficialmente sobre o assunto. Apesar de se interessar pelas moedas digitais por vários anos, chegando a propor a própria moeda, que se chamaria Libra.

Alguns usuários mais observadores relembraram que que Zuckerberg já teria supostamente matado uma de suas cabras e dado o animal de presente para Jack Dorsey, o CEO do Twitter.

Leia Também:  Maus-tratos a animais domésticos pode levar a até 5 anos de prisão, diz advogado

Em entrevista para a revista Rolling Stones, em 2019, Dorsey relatou uma situação em um encontro no qual tiveram uma das cabras como refeição. Nessa época, em 2011, Zuckerberg teria feito um “desafio pessoal” de comer apenas o que matasse, como forma de ser mais sustentável.

My goats: Max and Bitcoin.

Publicado por Mark Zuckerberg em  Segunda-feira, 10 de maio de 2021

Então, não está claro se suas cabras Max e Bitcoin serão criadas pelo bilionário como pets, ou se terão o mesmo destino da supostamente oferecida a Jack Dorsey.

Fonte: IG PET

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA