Polícia Civil MT

Polícia Civil localiza corpo de adolescente que estava desaparecido há um mês

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Após um mês do desaparecimento de um adolescente em Alta Floresta (803 km a norte de Cuiabá), a Polícia Civil do município localizou o corpo do menor na tarde desta quinta-feira (21.05) e confirmou se tratar de um crime de homicídio. 

As diligências iniciaram no dia 21 de abril, após registro da ocorrência de desaparecimento na Delegacia de Alta Floresta, pela mãe do adolescente. Nas investigações, a polícia apurou que Renan Jonatas Ramos fazia parte de uma organização criminosa atuante na região e foi morto, supostamente, por seus comparsas.   

Os trabalhos conduzidos pela equipe de policiais civis da Divisão de Homicídios, com apoio das Divisões de Entorpecentes e de Roubos e Furtos da Delegacia de Alta Floresta, identificaram a existência de um possível decreto de morte do adolescente, estabelecido pela principal liderança da associação junto a seus “conselheiros”. 

Durante os 30 dias de checagens de informações, a Polícia Civil obteve indícios confirmando a linha investigava sobre o homicídio planejado pela facção como forma de punição ao adolescente por ele ter evitado a morte decretada de outro comparsa, que fugiu da cidade de Alta Floresta após ser avisado pela vítima. 

Desde então, as equipes da Polícia Civil realizaram diligências em busca do paradeiro do corpo do adolescente e do local exato da execução. O corpo foi encontrado em avançado estado de decomposição na estrada Céu Azul, na Comunidade Paraíso, zona rural do município. A vítima estava aproximadamente 10 metros após uma cerca, com as roupas (calça jeans, camiseta amarela, boné, chinelos e uma carteira com documentos pessoais), as mesmas que usava no dia do seu desaparecimento, conforme fotos obtidas pela Polícia Civil. 

Foi verificada que a vítima tinha quatro orifícios no crânio. No local foi encontrado também um projétil de arma de fogo que submetido à caracterização e identificação pela Politec e, posteriormente, será feita a comparação balística.

Com a localização do cadáver, a Polícia Civil de Alta Floresta intensificará as diligências em buscas de mais informações para a confirmação dos indícios, identificação de autoria e prisão dos envolvidos no homicídio. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia Civil MT

Polícia Civil prende funcionário por abuso de adolescente em estacionamento de papelaria

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de abusar sexualmente de um adolescente de 13 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (01.06), em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Criança e Adolescente (Deddica).  O fato ocorreu no estacionamento de uma papelaria da Capital, onde o suspeito trabalha.

As investigações iniciaram após a vítima contar sobre o abuso para a coordenadora do grupo de jovens da sua igreja e ela comunicar o fato a Polícia. Ao ser ouvida, a vítima contou que foi abordada pelo suspeito responsável por passar álcool em gel nas mãos dos clientes, no momento em que saia da papelaria.

Na ocasião, o suspeito começou a ameaçar o adolescente e disse que era para o menor acompanhá-lo até o carro no estacionamento da empresa, onde ocorreu o abuso.

Assim que recebeu as informações, a equipe da Deddica iniciou as diligências conseguindo identificar toda a ação do suspeito através das imagens das câmeras de segurança da papelaria. Diante das evidências o suspeito foi conduzido a Deddica, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia Civil MT

Polícia Civil prende dois homens e duas mulheres por tráfico de drogas no bairro Canjica

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

 

Quatro pessoas suspeitas de comercializar drogas foram presas pela Polícia Civil, na tarde de segunda-feira (01.06), no bairro Canjica, em Cuiabá. Além das prisões, a ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) resultou na apreensão de drogas e dinheiro.

Os dois homens de 20 e 26 anos, e as duas mulheres de 19 e 21 anos, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Durante diligências para identificar pontos de venda de drogas na cidade, os policiais civis da DRE receberam informações sobre um endereço no bairro Canjica, onde funcionaria uma boca de fumo.

Em monitoramento do local, os investigadores inicialmente identificaram que um casal permanecia na calçada. No momento em que aparecia o comprador os traficantes buscavam a porção de entorpecente no interior da residência, onde ficava escondida.

Com base nas evidências, a equipe da DRE realizou a abordagem do primeiro casal e logo em seguida encontrou os outros dois suspeitos dentro da casa.

Em poder dos suspeitos foram apreendidas quase 50 porções de vários tamanhos e diferentes tipos de entorpecentes (maconha e pasta base de cocaína) embaladas e prontas para a venda, além de duas balanças de precisão e mais de R$ 400 em dinheiro.

Diante do flagrante os dois homens e as duas mulheres foram conduzidos para DRE, interrogados e autuados pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Após a confecção dos autos os presos foram apresentados para audiência de custódia e colocados à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana