POLÍCIA FEDERAL

FICCO prende associação criminosa especializada em furto de caixas eletrônicos

Publicados

em


Uberlândia/MG – A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO) de Uberlândia, coordenada pela Polícia Federal e também composta pelas Polícias Civil, Militar, Penal e Rodoviária Federal, prendeu, na sexta-feira (11/6), um homem e uma mulher por tentativa de furto qualificado no momento em que estavam nas dependências de uma agência bancária, em Uberlândia, portando instrumento utilizado para a subtração de envelopes usados para depósitos em caixas eletrônicos.

Os presos haviam furtado outra agência do mesmo banco, na cidade de Uberaba/MG, em 10/6/2021, utilizando o instrumento vulgarmente conhecido como “jacaré”, que permite que os criminosos pesquem os envelopes de depósitos do interior dos caixas eletrônicos. Imagens desse furto de 10/6, gravadas pelas câmeras de segurança do banco, permitiram que a FICCO-Uberlândia diligenciasse e encontrasse os suspeitos no exato momento em que tentavam efetuar o furto de 11/6, utilizando o mesmo modus operandi anterior. No veículo utilizado pelos presos, foram encontrados diversos apetrechos para a prática delitiva em questão, além das peças de roupas utilizadas no furto ocorrido em Uberaba.

Leia Também:  PF, BPFRON/PMPR e GOA/PCPR realizam apreensão de cigarro paraguaio

Os presos, de 18 anos e 30 anos, são residentes no estado de São Paulo. Contra eles, pesa a suspeita de que já teriam atuado em diversos estados da Federação e na região de Uberlândia.

Eles foram encaminhados ao presídio local, onde permanecerão à disposição da Justiça. Com os dois, havia um adolescente, de 17 anos, que não foi autuado e foi imediatamente entregue ao representante local do Conselho Tutelar. O representante do Conselho Tutelar compareceu à Delegacia e assumiu a custódia do menor, comprometendo-se a providenciar seu acolhimento institucional até o comparecimento de seus genitores.

Os dois presos foram indiciados por furto qualificado tentado, relativamente ao episódio em Uberlândia; furto qualificado consumado, no que se refere ao ocorrido em Uberaba; associação criminosa e por corrupção de menores. Se condenados, poderão cumprir até 11 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Uberlândia/MG

pf.udi.mg @pf.gov.br | www.pf.gov.br

(34) 3230-2000

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal prende um dos principais fabricantes de cédulas falsas do país

Publicados

em


Porto Alegre/RS – A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (30/7) um homem considerado um dos principais produtores de cédulas falsas do país. O mandado de prisão foi cumprido no município de Araranguá (SC), no início da manhã, quando o investigado se deslocava em um veículo blindado para o Rio Grande do Sul.

Ele vinha sendo procurado pela Polícia Federal desde 2016, quando, após ser colocado em liberdade pela justiça com a utilização de tornozeleira eletrônica, conseguiu escapar do monitoramento. Em 2014, o falsário foi preso em operação da Polícia Federal e posteriormente condenado pela Justiça Federal. 

Conforme levantamentos da PF, as cédulas falsas fabricadas por ele tiveram queda significativa na circulação após sua prisão em 2014, mas, em 2016, a partir do momento em que esteve foragido, as notas com a numeração de série utilizadas em suas falsificações voltaram a circular em todo o Brasil.

Também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Viamão, onde foi encontrado produto possivelmente utilizado na fabricação de notas. Também foram apreendidos R$ 23 mil reais, encontrados no veículo em que o preso trafegava.

Leia Também:  PF combate crime de moeda falsa no Espírito Santo

O preso tem 54 anos e é natural de Cachoeira do Sul. Ele foi conduzido à Superintendência da Polícia Federal e será encaminhado ao sistema prisional para cumprimento da pena.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Sul

Fone: (51) 3235.9005/99717.3040

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA