POLÍCIA FEDERAL

Operação Marquetagem investiga liberação de créditos tributários em troca de vantagens indevidas

Publicados

em


Fortaleza/CE- A Polícia Federal deflagrou hoje (16/10) a operação Marquetagem. A ação de hoje busca angariar maiores elementos probatórios acerca das condutas potencialmente ilícitas de agentes políticos e empresários envolvidos na liberação de créditos tributários oriundos do Programa de Incentivos às Atividades Portuárias e Industriais do Ceará – PROAPI, em troca do recebimento de vantagem indevida.   

 São cumpridos 17 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Eleitoral de Fortaleza/CE, nas cidades de Fortaleza, São Paulo e Salvador. 

 A investigação consiste em mais uma fase a Operação Lava Jato que teve início em 2018 com a colaboração premiada dos executivos de grupo empresarial. De acordo com as investigações, os pagamentos, totalizando o montante de R$ 25 milhões, teriam ocorrido por meio da simulação da prestação de serviços publicitários e do uso de notas fiscais frias, bem como através de doações oficiais para campanhas eleitorais nos anos de 2010 e 2014.

Os investigados poderão responder, na medida das suas responsabilidades, pelos crimes de falsidade ideológica eleitoral, corrupção, lavagem de dinheiro e integrar organização criminosa.

Leia Também:  PF apreende eletrônicos contrabandeados no âmbito da Operação Hórus e Programa VIGIA

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará

Contato: (88) 9.9921-0625

 

 

*** A operação foi batizada  de Marquetagem, em alusão ao significado do termo que define o uso da publicidade distantes dos valores éticos.

 

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF investiga grupo criminoso envolvido com contrabando de cigarros no RS

Publicados

em


Passo Fundo/RS – A Polícia Federal deflagrou na sexta-feira (16/10) a Operação Classic, que investiga grupo envolvido no contrabando de cigarro na região.

Policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão nos municípios de Ciríaco e David Canabarro, em ação que busca identificar os fornecedores de cigarro contrabandeados.

A investigação teve início a partir de prisão em flagrante realizada pela Polícia Civil, no dia 16 de julho, quando foram apreendidos 350 pacotes de cigarro contrabandeados em um estabelecimento comercial no município de Gentil.

Os crimes investigados são contrabando (art. 334-A/CP) e associação criminosa (art. 288/CP).

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Passo Fundo

Fone: (54) 3318-9000

Leia Também:  PF, no âmbito da Operação Hórus, realizam nova apreensão de dois veículos e um caminhão carregados com cigarros paraguaios
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA