POLÍCIA FEDERAL

PF apreende pacotes contendo cocaína costurados em forros de casacos

Publicados

em


Guarulhos/SP – A Polícia Federal, no Aeroporto Internacional de São Paulo, prendeu neste domingo 13/6, duas mulheres por tráfico internacional de drogas. Policiais federais acompanhavam a movimentação de pessoas no saguão de embarque do aeroporto e abordaram duas mulheres, que apresentavam comportamento suspeito, quando se dirigiam ao balcão de check-in de voo com destino a Addis Ababa, na Etiópia.

Elas foram entrevistadas, e as malas que carregavam submetidas ao aparelho de raio-x. Dentro de uma das malas foi detectada substância orgânica e, por esta razão, foi aberta para revista. Em seu interior havia várias roupas novas, que as suspeitas informaram que se destinavam à revenda. Os policiais encontraram no forro de 7 casacos, pequenos pacotes contendo cocaína. Após serem ouvidas, mãe e filha, ambas brasileiras, receberam voz de prisão. A cocaína, cujo volume somou quase 6 Kg, teria como destino a cidade do Cabo, na África do Sul.

As presas serão apresentadas à Justiça Federal, onde responderão pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Leia Também:  PF deflagra nova fase da Operação P2J no combate à disseminação de pornografia infantojuvenil na internet

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Operação Restituere combate crimes em processo de aquisição de armas de fogo

Publicados

em


Teresina/PI – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (17/9) a Operação RESTITUERE, com a finalidade de reprimir crimes de falsificação de documentos utilizados em processos de aquisição de armas de fogo autorizados pela Polícia Federal. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão nos endereços dos investigados nessa capital.

A investigação iniciou-se com a constatação da falsificação de laudos de aptidão psicológica e laudos de aptidão técnica ao manuseio de arma de fogo necessários para a instrução de processos autorizativos de aquisição de armas de fogo de uso permitido junto ao Sistema Nacional de Armas – SINARM – da própria Polícia Federal. No bojo dos processos suspeitos, constatou-se a atuação da mesma despachante representando os interessados e a inautenticidade dos laudos apresentados.

O cumprimento das medidas de hoje visa colher novos elementos probatórios para a investigação e identificar outros possíveis envolvidos e beneficiários dessa prática criminosa.

Observa-se que a autorização para a aquisição de armas de fogo de uso permitido é emitida pela Polícia Federal após o atendimento dos requisitos previstos na Lei nº 10.826/2003, Decreto nº 9.845/2019 e Instrução Normativa nº 201/2021 da Polícia Federal, cujas informações estão disponíveis no endereço eletrônico “www.gov.br/pf/pt-br/assuntos/armas”.

Leia Também:  PF deflagra nova fase da Operação P2J no combate à disseminação de pornografia infantojuvenil na internet

Os suspeitos poderão responder pelos crimes de falsificação e uso de documentos falsos previstos nos artigos 298 e 304 do Código Penal Brasileiro, com penas previstas de 01 a 05 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Piauí

Contato:  (86) 2106-4937/99451-8529

E-mail: [email protected]

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA