POLÍCIA FEDERAL

PF combate crimes contra o Sistema Financeiro Nacional

Publicados

em

Vila Velha/ES – A Polícia Federal prendeu três pessoas em flagrante na tarde de quarta-feira (9/10), na cidade de Vitória/ES, por prática de crime contra o Sistema Financeiro Nacional, além de estelionato e associação criminosa. O grupo já havia sido preso em flagrante há seis dias pelos mesmos crimes, sendo liberados mediante fiança arbitrada pela Justiça.

Os criminosos constituíram uma pessoa jurídica em junho deste ano e se instalaram no estado há 20 dias, praticando atividade financeira sem autorização do Banco Central.

Além dos três responsáveis e 21 funcionários em atividade sem contrato de trabalho, estavam no local indivíduos naturais da cidade de Niterói/RJ que também foram indiciados por estelionato e associação criminosa.

A prática criminosa

A partir de informações privilegiadas sobre a renda e margem consignável das vítimas, principalmente servidores públicos, os empregados faziam contato telefônico sugerindo que elas fossem ao banco e pegassem dinheiro emprestado para repassarem para a empresa, que prometia 10% de bonificação sobre o valor.

O grupo criminoso tinha meta de lucro de R$ 2 milhões por mês.

Leia Também:  PF investiga possível estelionato contra o INSS

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Espírito Santo
Contato: (27) 3041-8029/8051/8245

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

POLÍCIA FEDERAL

PF investiga possível estelionato contra o INSS

Publicados

em

Presidente Prudente/SP. A Polícia Federal cumpriu, na última sexta-feira, 5/8, mandado de busca e apreensão, com o objetivo de angariar mais provas contra estelionatário que, de posse de senhas de acesso ao portal “MEU INSS”, em nome de terceiras pessoas, obtidas junto a servidora do INSS ainda não identificada, praticava fraudes diversas.

A busca visou, ainda, a identificação de outros eventuais crimes e participantes da empreitada criminosa. A investigação teve início em 2021, quando a PF, no decorrer de outra investigação policial, em Presidente Prudente/SP, descobriu fatos que indicavam a prática de corrupção por parte de servidora do INSS, que, em tese, teria recebido vantagem indevida para cadastrar e fornecer senhas de acesso ao portal “MEU INSS.

Como resultado da busca, foram apreendidos 5 celulares, 13 RG’s aparentemente falsificados, 12 espelhos de RG’s, 11 espelhos CNH’s, 24 cartões bancários em nome de terceiros, bem como outros materiais que podem contribuir para a elucidação dos crimes investigados.

Comunicação Social da Polícia Federal em Presidente Prudente

Leia Também:  PF investiga possível estelionato contra o INSS

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI