POLÍCIA FEDERAL

PF combate exploração ilegal de ouro no Pará

Publicados

em


Belém/PA – A Polícia Federal deflagrou na segunda-feira (12/10) a Operação Ouro Frio II, que continua em andamento no dia de hoje. Trata-se da segunda fase da operação conjunta realizada no último dia 9 deste mês, que objetivou o sequestro de bens de aproximadamente R$ 14 milhões, assim como efetivou apreensão de mais de 44 kg de ouro possivelmente de origem clandestina, avaliado em R$ 14,8 milhões.

A ação está no contexto da Operação Verde Brasil 2, assim sendo, um conjunto de atividades estruturadas focadas na proteção e preservação da Amazônia e demais biomas, sob coordenação da Vice-presidência e com participação das Forças Armadas (Exército, Marinha e Força Aérea do Brasil). O comando conjunto da Operação Verde Brasil 2 possibilitou o transporte aéreo de militares, policiais federais (12) e fiscais Gerência Executiva do IBAMA em Santarém/PA (2) empregados na ação.

A missão consistiu na inutilização de máquinas e destruição de pistas de pouso usadas para abastecimento de garimpos clandestinos situados na Reserva Biológica Maicuru, localizada dentro da área conhecida como RENCA (Reserva Nacional do Cobre e seus Associados), no Pará, região considerada totalmente inóspita e de difícil acesso.

Leia Também:  PF, em ação integrada, apreende quatro veículos carregados com cigarros paraguaios

A Reserva Maicuru é apontada como possível local de extração do ouro apreendido na última sexta-feira (9/10/2020).

Essa segunda fase da operação buscou identificar toda cadeia criminosa envolvida com exploração ilegal de ouro, alcançando a extração, processamento e comercialização por meio do esquentamento da origem.

A exploração ilegal de outro é crime previsto no art. 2º da Lei 8.176/91 (usurpação de bem da União) e art. 55 da Lei 9.605/98 (lavra clandestina). As penas somadas podem ser superiores a cinco anos de detenção.

A expressão Ouro Frio faz referência a ouro de origem clandestina, sem documentação legal, sendo que no curso da investigação foram descobertas tentativas de esquentamento do mineral obtido de forma ilícita.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Pará

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF, em ação integrada, apreende mais de uma tonelada de cocaína

Publicados

em


Vilhena/RO – Na sexta-feira (23/10), em uma ação integrada entre POLÍCIA FEDERAL, CIOPAER/MT, GEFRON/MT, PM/MT e SAEG/GO, foi apreendida mais de uma tonelada de cocaína e uma camionete.

A ação policial contou com a participação de mais de 30 policiais dos estados de Mato Grosso, Rondônia e Goiás, além de um helicóptero e diversas viaturas por terra.

A apreensão da droga aconteceu em uma região de mata nas proximidades da divisa de Mato Grosso e Rondônia, bem como da fronteira entre Brasil e Bolívia.

A Polícia Federal informa que seguem investigações a fim de identificar todos os envolvidos no crime, que responderão pela prática de tráfico internacional de drogas e, também, por integrarem organização criminosa, além de outros crimes que sejam verificados.

As drogas hoje já seguem procedimento para sua destruição, nos termos da legislação vigente.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia/RO

Contato (69) 3216-6242

Leia Também:  Polícia Federal combate contrabando na fronteira com Paraguai
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA