POLÍCIA FEDERAL

PF cumpre mandados contra fraude eleitoral no Paraná

Publicados

em


Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, 14/10, a Operação Fake Address, visando investigar ao menos 75 transferências de domicílio eleitoral com utilização de comprovantes de endereço falsificados.

Policiais Federais estão cumprindo quatro mandados de busca e apreensão, em endereços dos investigados, inclusive no gabinete de uma vereadora na Câmara Municipal de Pinhais/PR.

Em razão da Pandemia, a Justiça Eleitoral permitiu que as transferências de domicílio eleitoral fossem realizadas através de sistema eletrônico, denominado TITULONET. Recebidos os pedidos, o Juízo da 188ª Zona Eleitoral de Pinhais/PR detectou que foram realizadas ao menos 75 transferências utilizando comprovantes de endereço falsificados.

Após tratamento inicial dos requerimentos pelo Juízo Eleitoral, análise e reunião de informações complementares pelo Ministério Público Eleitoral foi requisitada instauração de inquérito policial, que foi instaurado em junho de 2020. Durante as investigações foi possível vincular tais pedidos a assessores de vereadora em exercício e candidata à reeleição.

Além das transferências irregulares, com utilização de documentação falsa, foram identificados indícios de que as multas eleitorais dos títulos com situação eleitoral irregular foram pagas pelos investigados. Há evidências de que a estrutura da Câmara Municipal de Vereadores foi utilizada para cometimento do crime.

Leia Também:  PF investiga crime eleitoral em São Paulo

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Curitiba/PR

Contato: 41-3251-7809

99242-5543

[email protected]

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Em ação conjunta, PF apreende mercadorias e prende seis pessoas no Paraná

Publicados

em


Foz do Iguaçu/PR – Nesta madrugada (24/10), equipes da Polícia Federal, Receita Federal, Marinha, Polícia Militar/PR (BPFRON) e Polícia Civil/PR (COPE) realizaram a apreensão de diversas mercadorias estrangeiras em um porto clandestino às margens do Rio Iguaçu, na fronteira com a Argentina.

Durante as diligências, foram identificados os responsáveis pelas mercadorias e também uma casa que era utilizada como depósito. Dentre os produtos apreendidos no imóvel, havia grande quantidade de vinhos, azeite de oliva e energéticos de procedência argentina, além de eletrônicos oriundos do Paraguai.

Ao todo, foram presos seis indivíduos por envolvimento na atividade ilícita, sendo também apreendidos quatro barcos e quatro veículos suspeitos de serem usados para o transporte das mercadorias.

Os presos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR para lavratura do auto de prisão em flagrante. Os produtos e veículos foram encaminhados à Receita Federal para fins de apuração dos tributos elididos.

 

Comunicação da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR

Leia Também:  Polícia Federal apreende cerca de mil comprimidos de ecstasy

Contato: (45)3576-5515

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA