POLÍCIA FEDERAL

PF deflagra Operação Desvelado e prende brasileiro envolvido em rede de exploração sexual de crianças e adolescentes

Publicados

em


.

São Paulo/SP – A Polícia Federal deflagrou hoje (9/9) a Operação Desvelada, para investigar pessoas envolvidas em compartilhamento de imagens pornográficas envolvendo crianças e adolescentes. O trabalho é resultado de Cooperação Policial Internacional para a repressão à exploração sexual na internet e ao estupro de vulneráveis.

De acordo com as investigações, um brasileiro seria o responsável pela criação e manutenção de um dos maiores fóruns em língua portuguesa de pornografia infantil da DEEPWEB. Além de disponibilizar a plataforma para usuários em todo o mundo, o investigado ainda publicava grande quantidade de vídeos e fotos de si próprio estuprando vítimas diversas. As idades das meninas variavam entre os 5 e 12 anos.

Valendo-se de técnicas de investigação cibernética, a Polícia Federal brasileira teve êxito em identificar o responsável por estupros gravados e exibidos na rede mundial de computadores. Trata-se de um brasileiro que reside em Araçatuba/SP, de aproximadamente 50 anos, solteiro com uma filha e um neto. O fórum da deepweb e outras plataformas criadas por ele já eram conhecidos das polícias de inúmeros países.

Leia Também:  PF e Polícia Polonesa atuam em cooperação para prender brasileiro procurado internacional pela Interpol

 

A união de esforços e a cooperação policial intenacional propiciou a revelação de sua identidade, razão do nome escolhido para a Operação – Desvelado. Até o momento não há indicação da participação de terceiros, o que será ainda esclarecido pela análise da mídia apreendida no local e pela oitiva dos envolvidos (agressor, vítimas e familiares).

Por fim, a PF apura a provável comercialização de parte do acervo criminoso produzido pelo investigado. O crime de publicação de imagens de pornografia infantil prevê pena de 3 a 6 anos de reclusão. Já o estupro de vulneráveis prevê de 8 a 15 anos de prisão.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo

Contato: (11) 3538-5013

[email protected]

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF prende foragidos em grupo de deportados

Publicados

em


.

Belo Horizonte/MG – Na sexta-feira, 25/9, desembarcou em Belo Horizonte mais um voo oriundo dos Estados Unidos da América, trazendo 53 deportados. Coube à Polícia Federal realizar os procedimentos de controle migratório, uma de suas competências definidas pela Constituição da República.

Dentre os deportados, retornaram ao país dois foragidos internacionais, que foram presos pela Polícia Federal assim que desembarcaram no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins/MG.

Um dos presos tem 50 anos, é natural de Campo Grande/MS e foi condenado a dois anos e oito meses de prisão em regime aberto, pela prática de crime contra a ordem tributária, com mandado expedido pela 1ª Vara Federal Criminal de São Paulo. O outro tem 42 anos, figurava na lista de Difusão Vermelha da INTERPOL e tinha contra si mandado de prisão preventiva decorrente de decisão condenatória expedido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, pela prática de homicídio qualificado, cuja pena máxima pode chegar a 30 anos de reclusão.

Leia Também:  PF investiga crimes contra a Administração Pública em Rondônia

Os presos serão conduzidos para o CERESP Gameleira, onde ficarão à disposição da Justiça.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

[email protected] | www.pf.gov.br

Fone: (31) 3330-5270

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA