POLÍCIA FEDERAL

PF deflagra Operação Seguro-Mamata para apurar fraudes no Seguro-Desemprego

Publicados

em


Maceió/AL – A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (14/10) a Operação Seguro-Mamata, que investiga organização criminosa atuante desde 2016, em fraudes ao Seguro-Desemprego nos Estados de Alagoas, Pernambuco, Sergipe e São Paulo. Os prejuízos causados pelo esquema criminoso totalizam quase doze milhões de reais.

Policiais federais dão cumprimento a 40 mandados de busca e apreensão e a 1 de prisão expedidos pela Justiça Federal em Alagoas, sendo cumpridos em dezesseis municípios em Alagoas, Pernambuco, Sergipe e São Paulo, além do afastamento cautelar de 16 servidores públicos.

​​O inquérito policial foi instaurado há cerca de um ano e meio. Foram identificados dezenas de vínculos empregatícios com empresas fantasmas e empregadores individuais inexistentes com o objetivo de criar artificiosamente direito ao seguro-desemprego.

​​Os envolvidos foram indiciados pelos crimes de constituição de organização criminosa, inserção de dados falsos em sistemas de informações, peculato e estelionato, cujas penas máximas, se somadas, atingem 37 anos de reclusão.

Os materiais apreendidos foram encaminhados à Sede da Polícia Federal em Alagoas para os procedimentos de praxe.

Leia Também:  PF deflagra a 9ª fase da Operação Calvário

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Alagoas

Contato: 82.99327.7671

82.3216.6723

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF combate distribuição de cigarros ilegais no Paraná

Publicados

em


Ponta Grossa/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (27/10) a Operação Antifumo, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa responsável pela distribuição e fornecimento de cigarros de origem paraguaia nas regiões de Faxinal, Telêmaco Borba e Umuarama, no Paraná.

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão. Uma pessoa foi presa em flagrante após serem localizados cerca de 1800 pacotes de cigarros distribuídos nos endereços residencial e comercial do alvo.

Além da prisão, foram coletadas informações sobre o líder da organização responsável pela distribuição do produto ilícito.

A ação é continuidade de um flagrante realizado em 2019, que identificou os demais integrantes da quadrilha após ser feita a análise no celular de um fornecedor de cigarros da região.

O preso e o material apreendido foram encaminhados à Delegacia da PF em Ponta Grossa.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Ponta Grossa/PR

Telefone: (42) 3026-5960

Leia Também:  PF investiga grupo criminoso e combate contrabando de cigarros e produtos falsificados no RN
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA