POLÍCIA FEDERAL

PF deflagra Operação Solidus para investigar comercialização ilegal de ouro em Goiás

Publicados

em


Goiânia/GO – A Polícia Federal deflagrou hoje (8/10) a Operação SOLIDUS, com o objetivo de combater a prática de crimes ambientais consistentes na extração, transporte e comercialização clandestina de ouro, em Goiás.  Cerca de 50 policiais federais cumprem 9 mandados de busca e apreensão, no Estado de Goiás, sendo 2 em Catalão/GO e 7 em Uruaçu/GO.

 No curso das investigações, foram identificados dois grupos de garimpeiros atuantes na região. Eles promovem a extração ilegal de ouro em leitos de rios dos municípios de Uruaçu/GO e de São Luís do Norte/GO.

Em seguida, comercializam o referido mineral com dois empresários suspeitos de receptação e o consequente branqueamento do produto, utilizando-o como verdadeira moeda de troca por patrimônios diversos e, ainda, como matéria-prima para a confecção de joias que, posteriormente, são vendidas como se o ouro que lhes deu origem possuísse origem lícita, dando aparência de legalidade aos negócios.

 Os crimes em investigação são a prática da extração, do transporte e da comercialização clandestina e ilegal de ouro, além dos crimes de furto qualificado, receptação qualificada e de lavagem e ocultação de capitais.

Leia Também:  PF apreende droga com passageiro que embarcaria para a croácia

 Será realizada coletiva de imprensa às 10h00, no auditório da Superintendência Regional da Polícia Federal em Goiás.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Goiás

Contato: [email protected]

www.pf.gov.br

(62)3240-9607

(62)99216-6260

 

*** O nome da operação reverencia um dos metais mais valiosos do mundo, fazendo alusão à moeda cunhada em ouro pelo Imperador Constantino em 309.

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF combate distribuição de cigarros ilegais no Paraná

Publicados

em


Ponta Grossa/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (27/10) a Operação Antifumo, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa responsável pela distribuição e fornecimento de cigarros de origem paraguaia nas regiões de Faxinal, Telêmaco Borba e Umuarama, no Paraná.

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão. Uma pessoa foi presa em flagrante após serem localizados cerca de 1800 pacotes de cigarros distribuídos nos endereços residencial e comercial do alvo.

Além da prisão, foram coletadas informações sobre o líder da organização responsável pela distribuição do produto ilícito.

A ação é continuidade de um flagrante realizado em 2019, que identificou os demais integrantes da quadrilha após ser feita a análise no celular de um fornecedor de cigarros da região.

O preso e o material apreendido foram encaminhados à Delegacia da PF em Ponta Grossa.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Ponta Grossa/PR

Telefone: (42) 3026-5960

Leia Também:  PF combate fraude em licitações de lousas eletrônicas em Minas Gerais
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA