POLÍCIA FEDERAL

PF desarticula organização criminosa dedicada à prática de crimes contra os Correios

Publicados

em

Cabedelo/PB – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (10/10) a Operação C.S.I, com objetivo de desmantelar organização criminosa dedicada ao crime de arrombamento de Agências dos Correios.

Estão sendo cumpridos quatro mandados de prisões preventivas nos estados da Paraíba, Mato Grosso do Sul e Paraná, As ordens judiciais foram expedidos pela 16ª Vara Federal da Paraíba. Participaram da ação cerca de 20 policiais federais.

ENTENDA O CASO

Na madrugada do dia 8 de junho de 2018, a Agência dos Correios de Tibiri, em Santa Rita/PB, foi arrombada. A investigação apurou que, por volta das 02h00 da madrugada, um grupo de homens adentrou as dependências da agência, situada no bairro Tibiri II, na cidade de Santa Rita/PB e, mediante o uso de explosivos, teria tencionado subtrair o numerário local.

Na fuga, os ladrões abandonaram cinco veículos, os quais foram periciados e identificados os supostos responsáveis pelo ato criminoso, todos com passagens recentes por estabelecimentos prisionais do Estado.

NOME DA OPERAÇÃO

O nome da operação (C.S.I) faz alusão à Crime Scene Investigation – C.S.I, famoso programa televisivo em que os trabalhos técnicos e científicos são bastante utilizados na elucidação de crimes.

Leia Também:  Polícia Federal participa da criação de força-tarefa de segurança pública em Goiás

 

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

POLÍCIA FEDERAL

PF investiga possível estelionato contra o INSS

Publicados

em

Presidente Prudente/SP. A Polícia Federal cumpriu, na última sexta-feira, 5/8, mandado de busca e apreensão, com o objetivo de angariar mais provas contra estelionatário que, de posse de senhas de acesso ao portal “MEU INSS”, em nome de terceiras pessoas, obtidas junto a servidora do INSS ainda não identificada, praticava fraudes diversas.

A busca visou, ainda, a identificação de outros eventuais crimes e participantes da empreitada criminosa. A investigação teve início em 2021, quando a PF, no decorrer de outra investigação policial, em Presidente Prudente/SP, descobriu fatos que indicavam a prática de corrupção por parte de servidora do INSS, que, em tese, teria recebido vantagem indevida para cadastrar e fornecer senhas de acesso ao portal “MEU INSS.

Como resultado da busca, foram apreendidos 5 celulares, 13 RG’s aparentemente falsificados, 12 espelhos de RG’s, 11 espelhos CNH’s, 24 cartões bancários em nome de terceiros, bem como outros materiais que podem contribuir para a elucidação dos crimes investigados.

Comunicação Social da Polícia Federal em Presidente Prudente

Leia Também:  PF cumpre mandados de busca em investigação de envio de drogas pelos Correios

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI