POLÍCIA FEDERAL

PF investiga desvio de recursos públicos em obra de revitalização de praça na região norte do RS

Publicados

em


.

Passo Fundo/RS: a Polícia Federal deflagra, na manhã de hoje (28/8), a Operação Praça do Povo, que investiga suspeita de fraude em licitação e desvio de recursos públicos destinados a obra de revitalização de praça municipal em Espumoso.

Policiais federais cumprem sete mandados de busca e apreensão nos municípios de Espumoso e Nova Alvorada, expedidos pela 3ª Vara Federal de Passo Fundo.  As buscas realizadas têm por objetivo coletar informações que confirmem as suspeitas do cometimento de crimes, trazer novos elementos para a investigação e identificar os responsáveis.

 Em 2018, o município celebrou convênio com o Ministério do Turismo para receber 300 mil reais para projeto de revitalização da Praça Municipal Arthur Ritter de Medeiros. No processo licitatório lançado para a realização da obra, apenas uma empresa foi habilitada, sagrando-se vencedora do certame.

Durante a investigação, iniciada em 2019, a Polícia Federal constatou que as obras eram de fato realizadas por funcionários municipais e com o uso de maquinário do próprio Município, contrariando o edital de licitação, que prevê obra por empreitada global a cargo exclusivo da empresa vencedora, sem o emprego de recursos materiais e humanos do Município.

Leia Também:  Polícia Federal investiga supostas fraudes a licitações para aquisição de camas hospitalares no Tocantins

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Passo Fundo

Contato:  (54) 3318-9000

 www.pf.gov.br

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF combate o tráfico de drogas, no âmbito da Operação FICCO, em Roraima

Publicados

em


.

Boa Vista/RR – A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de Roraima – FICCO/RR, coordenada pela Polícia Federal e integrada pelas polícias Civil e Militar e pelas secretarias da/ Justiça e Cidadania e da Segurança Pública de Roraima, prendeu nos últimos dias 16 e 17, em duas ações distintas, três pessoas por tráfico de drogas e uma por calúnia e dano qualificado em boa Vista/RR.

Na primeira das ações, no dia 16/9, investigadores da Força Integrada identificaram um endereço onde suspeitos abasteceriam outros traficantes com drogas para posterior distribuição. No local, duas pessoas foram presas e quase seis quilos de skunk foram apreendidos.

Já na prisão do dia 17/9, a FICCO/RR recebeu denúncias acerca da ocorrência do tráfico de drogas no bairro Santa Luzia. Após diligências, os policiais identificaram o suspeito em atuação característica dos “serviços” de entregas de drogas, quando realizaram a abordagem e flagantearam o homem com uma pequena quantidade de cocaína.

Em sua residência foi encontrada outra porção de droga, durante as buscas, momento em que a irmã do preso chegou no local desrespeitando os policiais, acusando-os de terem forjado a ação e implantado drogas junto ao suspeito, além de estarem atuando em condutas tipificadas na lei de Abuso de Autoridade, momento em que lhe foi dada voz de prisão pelo crime de calúnia. Ao ser conduzida à viatura policial, a presa também chutou e danificou o veículo, conduta de dano qualificado. As penas para os crimes podem chegar a cinco anos, além de multa.

Leia Também:  PF combate facilitação na regularização fundiária no Amapá

O suspeito confirmou que era o proprietário das drogas.

Todos os presos foram encaminhados ao sistema prisional, onde permaneceram à disposição da Justiça.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Roraima

Fone: (95) 3621-1522
E-mail: [email protected]

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA