POLÍCIA FEDERAL

PF prende foragido condenado pelo assassinato de policial federal

Publicados

em


Cascavel/PR – A Polícia Federal prendeu na segunda-feira (26/7), na área rural de Boa Vista da Aparecida/PR, o responsável pela morte do agente de Polícia Federal Alder Oliveira de Lima, em junho de 2011. O preso foi condenado por homicídio qualificado e se encontrava foragido desde o crime.

Em 5 de junho de 2011, o preso foi flagrado pela Polícia Federal ao transportar, pelo município de Assis Chateubriand/PR, de forma dissimulada, mercadorias contrabandeadas.

Durante o percurso dos veículos e presos para a Delegacia de Polícia Federal em Guaíra/PR, o condenado, que conduzia seu caminhão em companhia de Alder Oliveira de Lima, começou a dirigir com maior velocidade, distanciou-se dos demais veículos que compunham o comboio e guinou a direção do veículo de forma violenta para o lado direito da Rodovia BR 272, próximo a uma árvore de grande porte, justamente do lado em que estava o policial.

Ao agir desta forma, com o claro interesse de chocar o veículo com a árvore e fugir, o motorista causou o acidente e, consequentemente, a morte do servidor público.

Leia Também:  Operação Hope combate disseminação de pornografia infantil na internet

O homem foi condenado por homicídio qualificado à pena de 12 anos de reclusão, a ser cumprida em regime fechado, por se tratar de crime hediondo, além de multa.

Divisão de Comunicação Social – PF

[email protected] | www.pf.gov.br

(61) 2024.8142

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

Operação Restituere combate crimes em processo de aquisição de armas de fogo

Publicados

em


Teresina/PI – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (17/9) a Operação RESTITUERE, com a finalidade de reprimir crimes de falsificação de documentos utilizados em processos de aquisição de armas de fogo autorizados pela Polícia Federal. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão nos endereços dos investigados nessa capital.

A investigação iniciou-se com a constatação da falsificação de laudos de aptidão psicológica e laudos de aptidão técnica ao manuseio de arma de fogo necessários para a instrução de processos autorizativos de aquisição de armas de fogo de uso permitido junto ao Sistema Nacional de Armas – SINARM – da própria Polícia Federal. No bojo dos processos suspeitos, constatou-se a atuação da mesma despachante representando os interessados e a inautenticidade dos laudos apresentados.

O cumprimento das medidas de hoje visa colher novos elementos probatórios para a investigação e identificar outros possíveis envolvidos e beneficiários dessa prática criminosa.

Observa-se que a autorização para a aquisição de armas de fogo de uso permitido é emitida pela Polícia Federal após o atendimento dos requisitos previstos na Lei nº 10.826/2003, Decreto nº 9.845/2019 e Instrução Normativa nº 201/2021 da Polícia Federal, cujas informações estão disponíveis no endereço eletrônico “www.gov.br/pf/pt-br/assuntos/armas”.

Leia Também:  Operação Hope combate disseminação de pornografia infantil na internet

Os suspeitos poderão responder pelos crimes de falsificação e uso de documentos falsos previstos nos artigos 298 e 304 do Código Penal Brasileiro, com penas previstas de 01 a 05 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Piauí

Contato:  (86) 2106-4937/99451-8529

E-mail: [email protected]

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA