POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal apreende seis toneladas de pescados capturados ilegalmente em Rio Grande.

Publicados

em

Rio Grande/RS: Nessa quinta-feira (04/08), a Polícia Federal abordou em mar aberto, próximo ao molhe de São José do Norte, duas embarcações suspeitas de praticarem pesca irregular.

Na ação, foi constatado que uma das embarcações atuava em local interditado para pesca no litoral do Rio Grande do Sul e a outra desobedeceu as orientações da Polícia Federal para cessar a navegação e realizou manobras evasivas para dificultar a fiscalização.

Na diligência, foram apreendidas duas embarcações e seis toneladas de pescados. Os mestres das embarcações foram presos em flagrante, um por pesca ilegal e o outro por obstar a fiscalização.

Todo o pescado apreendido será destinado pela Mesa Brasil a instituições beneficentes da região.

A ação teve a participação do Núcleo de Polícia Marítima da Polícia Federal (NEPOM) e do IBAMA. 

 
Setor de Comunicação Social da Polícia Federal em Rio Grande/RS
Contato: (53) 3293.9032
[email protected]

Fonte: Polícia Federal

Leia Também:  Polícia Federal inicia trabalhos na XXXIII fase da Operação Nova Aliança
Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF combate comércio ilegal transnacional de patrimônio histórico peruano

Publicados

em

Florianópolis/SC– A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (11/8) operação policial para o cumprimento de mandado de busca e apreensão emitido pela Justiça Federal, objetivando investigar notícia de comércio eletrônico transnacional de artefatos do patrimônio histórico de possível origem ilícita.

A suspeita foi levantada pelo Ministério da Cultura do Peru, que tomou conhecimento da comercialização de objetos assemelhados a estatuetas peruanas do período pré-colombiano, praticado por meio de site de vendas internacional.

As investigações levaram à localização do vendedor em Florianópolis, com o qual foram encontrados diversos outros objetos que serão submetidos a inspeção para avaliar seu valor histórico e a licitude das suas origens.

Caso se conclua haver a posse de objetos do patrimônio histórico sem origem legal, além da apreensão, podem ficar caracterizadas as condutas de receptação ou crime contra patrimônio cultural.

Comunicação Social da Polícia Federal em Santa Catarina
[email protected]
(48) 3281-6699

Fonte: Polícia Federal

Leia Também:  PF e RFB deflagram operação de combate à lavagem de dinheiro
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI