POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal deflagra Operação Cozinheiro Fantasma em Marília/SP

Publicados

em


Marília/SP – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (7/5) a Operação Cozinheiro Fantasma visando cumprir 4 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de intimação no Município de Piraju/SP, com a finalidade de se obter provas referentes à investigação de fraudes ao benefício do seguro desemprego.

A investigação teve início a partir de denúncia do Posto de Atendimento ao Trabalhador do Município de Piraju/SP, informando o ingresso de 14 requerimentos de seguro desemprego com indícios de demissões fraudulentas envolvendo uma empresa localizada no Município de Osasco/SP, o que gerou prejuízo de aproximadamente R$ 80 mil aos cofres públicos.

Durante as buscas, foram apreendidos telefones celulares, HD’s de computadores e documentos, os quais serão analisados no interesse da investigação.

Os investigados poderão responder, no limite de suas responsabilidades, pelos crimes estelionato majorado (art. 171, § 3º, do Código Penal) e, eventualmente, pelo crime de associação criminosa (art. 288 do Código Penal).

O nome da operação decorreu da constatação de que os investigados nunca haviam desempenhado a função de cozinheiro indicada nos requerimentos de seguro desemprego apresentados ao PAT/PIRAJU.

Leia Também:  PF cumpre extradição de foragido da Justiça Mato-grossense

Comunicação Social da Polícia Federal em Marília

Contato: (14) 3303-3000

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF cumpre extradição de foragido da Justiça Mato-grossense

Publicados

em


Cuiabá/MT – Na quinta-feira, 17/6, com base na cooperação policial internacional, a Polícia Federal cumpriu a extradição de um brasileiro que se encontrava foragido da Justiça Mato-grossense e estava sendo procurado internacionalmente pela Interpol.

O homem, acusado de participação em um latrocínio no Estado do Mato Grosso, fato ocorrido em 2019, foi escoltado por policiais federais de Portugal até Cuiabá/MT e após foi conduzido para o sistema prisional, onde ficará à disposição do juízo competente.

As investigações sobre o crime foram encerradas e concluídas pela Polícia Judiciária Civil em Cuiabá/MT. Com a decretação da prisão preventiva pela 5ª Vara Criminal de Cuiabá/MT e a pedido da Polícia Civil e daquele juízo, houve a publicação de difusão vermelha nos sistemas da Interpol, instrumento que permitiu à polícia portuguesa a localização e detenção do foragido em solo lusitano.

A cooperação policial internacional é feita pela Interpol e esta é representada no Brasil pela Polícia Federal. Dentre os seus objetivos, está garantir e promover a mais ampla e possível assistência mútua entre todas as polícias judiciárias, resguardados os limites da legislação existente em cada país. Para tal mister se utiliza da publicação de vários tipos de difusões, que são repassadas para os seus 192 países‐membros. 

Leia Também:  Polícia Federal investiga suspeito de fraudar sistema de cotas de universidade federal no Tocantins

Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso

[email protected]

(65) 992848987

Instagram: @policiafederal_mt

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA