POLÍCIA FEDERAL

Polícia Federal investiga organização criminosa responsável por homicídios ocorridos na capital do Tocantins

Publicados

em

Palmas/TO – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (22/6), com apoio da Polícia Civil/TO, a Operação CANINANA, visando desarticular organização criminosa responsável por vários homicídios ocorridos no dia 27/03/2020 na capital do Estado.

Cerca de 60 policiais federais cumprem 10 mandados de busca e apreensão, 5 prisões preventivas e 14 medidas cautelares diversas da prisão, dentre as quais a suspensão da função pública dos investigados. 

No dia 27/03/2020, cinco pessoas foram mortas com indícios de execução nos bairros de União Sul e Jardim Aureny I. Durante o transcorrer das investigações foi apurado que um grupo criminoso formado por policiais civis/TO monitorava a saída de pessoas recém egressas do sistema prisional e as executavam de forma planejada.

O nome da operação faz referência a um tipo de serpente encontrada na fauna brasileira, que se alimenta de animais menores da mesma espécie.

O cumprimento de todas as ordens judiciais pela Polícia Federal foi acompanhado por equipes da Corregedoria da Polícia Civil/TO.

A Polícia Federal agradece todo apoio prestado pela Polícia Civil do Estado do Tocantins durante as investigações e na deflagração da presente operação, reafirmando o compromisso das instituições com a cooperação mútua, integração e o combate ao crime organizado no Estado do Tocantins.

Leia Também:  PF prende mulher com mais de 3kg de cocaína no Aeroporto de Foz do Iguaçu

Comunicação Social da Polícia Federal no Tocantins

Telefone: (63) 3236-5440
E-mail: [email protected]

Propaganda

POLÍCIA FEDERAL

PF prende mulher com mais de 3kg de cocaína no Aeroporto de Foz do Iguaçu

Publicados

em

Foz do Iguaçu/PR. Na manhã deste sábado, 13/8, a Polícia Federal prendeu em flagrante uma paraguaia de 28 anos que transportava 3,320kg de cocaína. A prisão ocorreu no Aeroporto Internacional das Cataratas, em Foz do Iguaçu.

A estrangeira, uma paraguaia, pretendia embarcar para a Espanha em voo com escala em Paris, na França. Os policiais federais, após fiscalização de rotina, identificaram a droga oculta no interior do forro da mochila despachada por ela.

A mulher foi encaminhada à Delegacia Regional da Polícia Federal em Foz do Iguaçu para lavratura do auto de prisão em flagrante e responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas, cuja pena pode chegar até 15 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR

CS/PF/Foz

[email protected]

 

Disque-Denúncia

(45) 99116-8691 (telefone/Whatsapp)

Fonte: Polícia Federal

Leia Também:  PF cumpre mandado de prisão em aeroporto
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI