POLICIAL

Decisão judicial reforça pedido da gestão Pinheiro para realização de audiências e apresentação de projeto de novo modal

Publicados

em


Davi Valle

Clique para ampliar

Está garantida judicialmente a participação da população na escolha do melhor modal de transporte para a região do Vale do Rio Cuiabá. De acordo com a decisão tomada pelo juiz Ciro José de Andrade Arapiraca, da 1ª Vara Federal Cível e Agrária de Mato Grosso na última terça-feira (16), deverão ser realizados debates, consultas e/ou audiências públicas para demonstrar a conclusão de maior viabilidade do BRT como melhor opção para a mobilidade urbana intermunicipal.

“Eu peço que me ouça e ponderem, ponderem o que diz o prefeito, o que diz o governador. Há quanto tempo eu venho falando que Cuiabá não foi ouvida? Que Várzea Grande não foi ouvida? mas lá tem prefeito e eu vou falar pela minha terra. Tem setores da imprensa que acreditaram e bateram em mim, vereadores, deputados que acreditaram no Governo, o prefeito está dizendo que não foi ouvido. Então tem que ir pra justiça, você acha que eu quero ir para a justiça? Eu queria poder dialogar, mas não tem diálogo, é tudo goela abaixo, decisões tomadas por dois ou três. Aí a justiça vem e coloca os pingos nos ‘is’. Não está na hora de suspender ainda, mas prova para gente que a Prefeitura foi ouvida, se por ventura não provar, vão ter que ouvir sim, vai ter que ter debate, vai ter que ter audiência pública, vai ter que mostrar projeto e comprovar tudo e ainda vai ter que trazer o Conselho Deliberativo da Região Metropolitana para estar dentro, porque está fora? Eu já me dou por satisfeito nesta etapa, porque o meu povo vai ser ouvido, e quero que seja ouvido nos mínimos detalhes, temos que garantir o que há de melhor para a nossa gente e não o que há de mais conveniente para quem está no Estado”.

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, defende que a população seja ouvida em definição quanto ao novo modal de transporte público para Cuiabá e Várzea Grande. Para Pinheiro, a decisão estadual para substituição do modal VLT para o BRT foi tecnocrata e tomada de forma unilateral. Para o gestor, o ideal seria a realização de um plebiscito para que a população escolha o modelo de transporte que melhor atenda suas necessidades.

“O juiz pede que haja um debate e como presidente do Comitê eu espero que o Governo do estado apresente o projeto do modal que ele propõe, apresente a viabilidade para que se possa discutir com a sociedade qual o modal que melhor atenda a população de Cuiabá e Várzea Grande. A decisão do magistrado é o que o Comitê está aguardando que o Governo faça”, pontuou o presidente do Comitê de Análise Técnica para Definição do Modal de Transporte Público da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, Juares Samaniego.

A decisão do juiz atende parcialmente ao pedido feito pela Prefeitura de Cuiabá ao Ministério Público Estadual (MPE) de impedir a troca de modal, de VLT para BRT, sem a consultar os municípios envolvidos e a população. Para o magistrado, o Governo do Estado deve adotar “medidas para possibilitar a realização de debates, consultas e/ou audiências públicas, inclusive, com a participação do Conselho Deliberativo Metropolitano da Região do Vale do Rio Cuiabá – CODEM/VRC, conferindo publicidade a todos aspectos que levaram à conclusão de maior viabilidade do modal BRT como solução de mobilidade urbana, comprovando-se nos autos”.

O Comitê

Com foco em dialogar sobre a escolha do melhor modal para Cuiabá, o gestor criou o Comitê de Análise Técnica para Definição do Modal de Transporte Público da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, em 22 de janeiro via decreto municipal. Além de sua comissão técnica permanente, serão convidadas instituições, como Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (FIEMT), Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso (Sinduscom-MT), COnselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (CREA-MT) e Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso (CAU-MT) para colaborar com o debate nas reuniões, que devem ser abertas para participação pública também.

Propaganda

Momento +

Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

Publicados

em


Após superar 6,5 mil vacinados em seis dias da semana passada, Várzea Grande se prepara para abrir as pré-inscrições a partir de 22 horas desta segunda-feira, 12 de abril de 2021, no site oficial do município (www.varzeagrande.mt.gov.br) na ABA IMUNIZAÇÃO VÁRZEA GRANDE – CADASTRO PARA VACINA COVID 19 e quer dobrar o número de vacinados com os dois novos pontos de vacinação a serem abertos no Parque Berneck e no Jardim Marajoara em parceria com a Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Fora isto, no último sábado, durante a vacinação no Centro Universitário Várzea Grande (UNIVAG), quando foram aplicadas 2.200 doses, no encerramento dos trabalhos sobraram 11 vacinas de primeira dose e 9 de segunda dose que foram aplicadas em pessoas previamente cadastradas para serem vacinadas no decorrer da semana e foram antecipadas para não se perder as doses, pois uma vez aberto o frasco contendo 10 doses ele deve ser em determinado prazo utilizado em sua totalidade.

Também foram vacinados nos últimos dias sem tumulto e de forma natural os profissionais das Forças de Segurança Pública, como Guarda Municipal de Várzea Grande, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Trabalhadores do Sistema Penitenciário. Todos eles foram considerados pelo Ministério da Saúde como prioritários no Plano Nacional de Imunização – PNI.

A previsão inicial é de que a vacinação desta terça, quarta, quinta e sexta-feira, encerre a faixa etária de 65 anos acima para que no próximo final de semana Várzea Grande já inicie a vacinação para aqueles com 60 anos ou mais.

“Estamos colhendo os resultados de um árduo trabalho de todo o pessoal da Saúde Pública e de parceiros que tem se dedicado, se desdobrado e o resultado é recompensador, pois podemos atender a milhares de várzea-grandenses ou moradores de nossa cidade”, disse o prefeito Kalil Baracat.

A Secretaria de Saúde reafirmou novamente que mesmo abrindo novas faixas etárias, os que por algum motivo perderam sua vacina ou tiveram problemas que impediram a mesma, não precisam se preocupar, pois as doses estarão a disposição até que sejam aplicadas.

Com a abertura do pré-cadastro, idosos a partir de 60 anos podem se cadastrar para se vacinar contra a covid-19, no site da prefeitura de Várzea Grande. Após realizar o cadastro, os funcionários da Saúde irão agendar as datas e horários de imunização de todas as pessoas. O local será conforme a opção no cadastro. A previsão é iniciar no sábado (17 de abril), onde serão vacinados cerca de cinco mil idosos deste novo público-alvo no Centro Universitário UNIVAG – Clínicas Médicas em ponto fixo ou drive thru e no Parque Ambiental Bernardo Berneck, mais conhecido como ‘Parque Berneck’, somente em sistema drive trhu.

Conforme explica a superintendente de Vigilância em Saúde, Relva Cristina, este novo público-alvo, de 60 anos acima, possui muitos moradores na cidade, por isso a vacinação será iniciada no sábado (17) e reservada à próxima semana inteira para fechar esta faixa etária.

“Nosso planejamento para esta semana é dar continuidade a vacinação da faixa etária de 65 anos acima, retomando nesta terça-feira, 13 de março e indo até sexta-feira. A vacinação acontece no Ginásio Poliesportivo Fiotão, para os idosos de 65 anos acima, já agendados e confirmados. No dia 14 quarta –feira , também será no Fiotão. No dia 15 – quinta-feira – segunda dose – no Centro Universitário UNIVAG e na sexta-feira (16 de abril) no “Fiotão”. Temos 4 mil idosos cadastrados para concluirmos esta faixa etária de 65 anos acima”, explicou Relva Cristina.

O secretário Municipal de Saúde, Gonçalo de Barros disse que o planejamento de vacinação de Várzea Grande é feito com pé no chão, com avanços e possibilitando abertura de novos pontos conforme as necessidades e facilidade para a população.

“As vacinas chegando, nós vamos aplicando. Essa é a ordem do prefeito Kalil Baracat imunizar o maior número possível para criar a imunidade de rebanho. Com a rapidez que a pandemia avança, gostaríamos de ter vacinado muito mais, porém estamos condicionados à distribuição de doses por parte do Ministério da Saúde e Estado. Até o momento, temos conseguido vacinar em um curto período, o que demonstra a união e dedicação de nossos servidores e parceiros na imunização da nossa população”, ressalta. 

CADASTRO:

Para se cadastrar é necessário entrar no portal de notícias da prefeitura de Várzea Grande pelo endereço eletrônico  www.varzeagrande.mt.gov.br na aba IMUNIZAÇÃO VÁRZEA GRANDE – CADASTRO PARA VACINA COVID 19, prestar atenção ao confirmar a inscrição e depois aguardar confirmação posterior, com data, local e hora por ligação telefônica feita pelas equipes da Vigilância em Saúde ou através de e-mail e SMS em celular informado. Só serão vacinados aqueles que tiverem a confirmação. No momento da vacinação os atendidos devem se apresentar munidos de documentos originais com foto, cartão do SUS e comprovante de domicílio de Várzea Grande. As pessoas cadastradas devem comparecer no horário agendado para não haver tumulto nos locais de vacinação.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA