POLICIAL

Lucimar entrega 10ª praças revitalizada com equipamentos de ginástica e parque infantil

Publicados

em


.

01/09/2020    0

A Prefeitura de Várzea Grande entregou mais uma Praça. A Região Central ganhou a revitalização completa da Praça “Armando Reslan Salem”. Os investimentos aplicados com recursos próprios foram de aproximadamente R$ 300 mil , de um total que está sendo aplicado na revitalização  de 17 destes espaços públicos na ordem de R$ 2,6 milhões.

Esta já é a 10ª praça entregue à população que faz parte do Programa Uma Cidade Melhor para se Viver, de um projeto de revitalização de 17 praças, destas  restam 7 a serem colocadas a disposição das comunidades dos bairros da cidade, que estão em obras.

Entre as intervenções estão a ampliação e reforma de toda extensão da praça com instalação de calçamento paver, piso polido, equipamentos de ginástica, parque infantil, plantas ornamentais, instalação de bancos, gramado, lixeiras e iluminação de led.  

“Aqui temos o resultado do trabalho que começamos no início de nossa gestão de recuperar logradouros públicos , considerados símbolos importantes para a nossa cidade. Hoje tiramos do papel mais uma ação que melhora a vida das pessoas e entregamos uma praça que tem uma importância muito grande para quem mora na região Central. Quando revitalizamos uma praça, a comunidade volta a se apoderar deste espaço com esse significado de um área ao ar livre equipada, proporcionando a realização de diversas atividades, física e de lazer”, destaca a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

Leia Também:  Escolas da Rede Municipal recebem o projeto ‘Sacola Literária’

Várzea Grande virou canteiro de obras nos quatro cantos cidade, e a revitalização complementa este grande pacote de obras públicas da gestão.  “Isso aqui era um sonho. Buscamos reconstruir e ser agente propulsor de uma boa História de Várzea Grande. Estamos inaugurando essa praça restaurada, e espero que zelem pela beleza e história deste local”, disse a prefeita. “É um passo avançado na revitalização do centro da cidade. Meu coração pertence a essa cidade e ao nosso centro histórico, um legado do nosso governo que vamos deixar a esta cidade”, sublinha.

Até o fim da gestão, mais obras serão entregues, assim como o recapeamento asfáltico de diversas vias, e demais obras dentro dos bairros. De acordo com a prefeita, um reflexo da responsabilidade fiscal do município.

“Iremos colocar a disposição da população ainda muito mais obras com celeridade e transparência até finalizarmos nossa gestão. Sempre empregamos corretamente o tesouro municipal, pelo merecimento, com responsabilidade, sem atrasar salários, entre outros, mesmo diante da Pandemia mundial. Hoje temos créditos ilimitados em bancos. Fizemos de Várzea Grande uma revolução política, econômica e administrativa. E isso me faz realizada como gestora e moradora da cidade”, declara a prefeita.

Leia Também:  Programação no Hospital e Pronto Socorro debate o suicídio no cotidiano profissional e junto à pacientes

As intervenções incluem a implantação de parquinho infantil, área para alongamento com circuito de caminhada e paisagismo no entorno. “Com novo paisagismo e nova iluminação em LED, o entorno da praça recebeu também reforma geral de passeios de concreto, readequação de área da academia ao ar livre sobre piso intertravado e implantação de áreas de contemplação com mobiliário de concreto”, explica o secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes.

Com a entrega da praça, Várzea Grande vem resgatando e ampliando as opções de lazer da população. “As pessoas vão poder curtir um local diferente, de convívio familiar, aproveitar a academia para fazer atividades físicas, enfim, ter um espaço de lazer”, destacou o secretário, que pediu a ajuda da população. 

“A revitalização praça era um desejo antigo da população da região e fica como legado para os moradores, por isso contamos com a ajuda de todos na preservação do espaço”, completa o secretário.

“Antes da revitalização os moradores tinham receio de utilizar a praça. Mas agora, além de estar mais bonita, está mais segura. Agradecemos muito a Prefeitura por esta conquista para toda a população da região central”, comemora o morador Paulo Amorim Silva.

 

Por: Cláudia Joséh – Secom/VG

Propaganda

POLICIAL

Programação no Hospital e Pronto Socorro debate o suicídio no cotidiano profissional e junto à pacientes

Publicados

em


.

25/09/2020    3

A administração do Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande (HPSMVG) realizou nesta sexta-feira, 25 de setembro, o dia D da campanha de prevenção ao suicídio presente durante todo o Setembro Amarelo na rede pública de saúde do município. Em parceria com a coordenação de Saúde Mental da secretaria de saúde, três apresentações abordaram o assunto aos servidores do HPSMVG. 

“Durante todo este mês distribuímos panfletos, fizemos pequenas palestras e abordagens junto aos pacientes aqui do Pronto-Socorro bem como seus acompanhantes. Esta foi apenas uma das ações realizadas pela Secretaria de Saúde com foco no Setembro Amarelo”, disse o diretor geral do Hospital e Pronto Socorro, Ney Provenzano. 

A importância da qualificação das práticas desenvolvidas no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande diante de uma tentativa de suicídio e de situações de crise e urgência em saúde mental foi o tema abordado na abertura do encontro, pela enfermeira do Núcleo de Educação Permanente (NEP), Gessica Fernanda Colnago. 

A coordenadora da Saúde Mental da secretaria, Soraya Danniza Barbosa Miter Simon contextualizou sobre a Rede de Atenção Psicossocial de Várzea Grande. “Falamos sobre nossas potencialidades e desafios. Atualmente Várzea Grande possui profissionais e unidades especializadas de atenção psicossocial, tanto infanto-juvenil quanto para adultos”, informou.  

Os profissionais de saúde também conheceram o projeto “Suicídio: não dá mais para deixar de falar” apresentado pela enfermeira do Núcleo Hospitalar de Epidemiologia (NHE), Monara Moreira Maciel Pot e assistiram a palestra “Saúde mental dos profissionais de saúde. Quais cuidados tomar” realizada pela psicóloga Cálita Medeiros Machado de Oliveira. 

Leia Também:  Programação no Hospital e Pronto Socorro debate o suicídio no cotidiano profissional e junto à pacientes

“O projeto tem como objetivo intervir nos casos de tentativas de suicídio e nas situações de crise e urgência em saúde mental de forma efetiva por meio da organização dos serviços, dos processos de trabalho e do fortalecimento da articulação entre os pontos de atenção à saúde. Para isso as unidades de saúde possuem profissionais preparados para realizar abordagem adequada dos pacientes e intervir nas situações de crise e urgência em saúde mental; realizar a vigilância, o manejo clínico e escuta psicológica; e, promover a continuidade do cuidado por meio de ações integradas entre os vários pontos de atenção psicossocial”, detalhou a enfermeira do NHE, Monara Pot, sobre o projeto “Suicídio: não dá mais para deixar de falar”. 

“O mês de setembro ficou conhecido como Setembro Amarelo em alusão ao dia mundial de prevenção do suicídio que é um chamamento para que se voltem os olhares dos gestores, profissionais e da população de um modo geral para esse complexo problema de saúde pública. Por ser considerado um fenômeno multicausal, ou seja, não decorrente de uma única causa, mas sim, de questões afetivas, familiares, sociais, territoriais, psíquicas, entre outras, o suicídio é um fenômeno de elevada complexidade por isso a necessidade de ações de prevenção contínuas inclusive no cotidiano dos profissionais de saúde”, justificou o diretor do PSMVG. 

Confira a Rede de Atenção Psicossocial de Várzea Grande que atende de segunda a sexta-feira das 7h às 17h: 

Leia Também:  Jucemat faz adequações na REDESIM, e sistema fica fora do ar até o dia 30

– CAPS 2 – Tratamento para pessoas a partir de 18 anos, com transtornos mentais graves. Localizado na rua Fenelon Muller, 608, centro. (65) 3688-3112. 

– CAPS AD – Tratamento para pessoas a partir de 18 anos, em uso e abuso de álcool e outras drogas. Localizado na avenida Castelo Branco, 2.333, Jardim Imperador. (65) 3688-3045. 

– CAPS Infanto Juvenil – Tratamento para crianças e adolescentes com idade abaixo de 18 anos, que apresentem transtornos mentais graves ou uso de álcool e outras drogas. Localizado na rua Presidente Prudente de Moraes, 1.130, Ipase. (65) 3688-3046. 

– Clinica de Atenção Primária à Saúde Miguel Baracat – Localizada na Avenida Praia Grande, s/n, 24 de Dezembro. Telefone funcional (65) 98476-6717. 

– Clinica de Atenção Primária à Saúde Moacyr D’Lannes – Localizada na rua Harmonia s/n, Jardim Glória II. Telefone funcional (65) 98476-6708. 

– Clinica de Atenção Primária à Saúde Arminda Guimarães Sato – Localizada na rua Governador General Mallet, quadra 16, s/n, Marajoara. Telefone funcional (65) 98476-6559. 

– Clinica de Atenção Primária à Saúde Parque do Lago – Localizada na Avenida Julião de Brito, s/n, Parque do Lago. Telefone (65) 3694-8731. 

– “Consultório na Rua” – Atendimento itinerante para pessoas em situação de rua. Ocorre de segunda à quinta-feira das 19n às 23h. Telefone funcional (65)98476-6419. 

 

Por: Rafaela Maximiano – Secom/VG

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA