POLICIAL

Força Total da Polícia Militar iniciada na terça(17) termina no próximo domingo em toda Cuiabá e visa combater criminalidade na Capital

Publicados

em

O Primeiro Comando Regional da Polícia Militar de Mato Grosso lançou esta semana a operação Força Total, que visa a intensificação do policiamento nas ruas de Cuiabá. A solenidade foi realizada na Praça 8 de Abril, na Capital.

Em sua primeira ação, da noite de terça(17) até a manhã desta quarta(18) a operação realizou o registro de 821 abordagens a pessoas e 468 vistorias em veículos.

Foram registradas a prisão de suspeitos em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, cumprimento de mandado de prisão e porte ilegal de arma.

Foram apreendidas pelas equipes policiais da Capital, tabletes e porções de entorpecentes, duas armas de fogo, oito veículos, além da recuperação de um veículo roubado.

A operação continua até o próximo domingo (22) e conta com o reforço de efetivo de mais de 150 policiais militares de todos os batalhões de áreas e das unidades especializadas atuantes na Capital. 

De acordo com o comandante do 1º Comando Regional, coronel Wankley Corrêa Rodrigues, a operação foca no policiamento ostensivo, além de estar presente nas regiões com maiores indicadores criminais de roubo e homicídio, de forma a promover a manutenção da ordem pública, com o policiamento ostensivo. 

Leia Também:  Falta ternura: Mulher é presa em flagrante pela PM acusada de maltratar com agressões físicas o tio de 79 anos

“É uma operação que estará em toda a Capital, tanto região central quanto como também nas regiões dos bairros mais distantes, levando segurança ao cidadão e levando o policial militar para mais próximo do cidadão e do comerciante”, afirmou o coronel Rodrigues, durante o lançamento da operação.

As ações policiais contarão com a fixação de bloqueios, pontos demonstrativos em locais estratégicos nas áreas das unidades policiais. A operação terá como foco a atuação incisiva em abordagens a pessoas suspeitas e em veículos.

Otavio Ventureli(da redação com assessoria e Secom)

POLICIAL

Mãe implora a presença de médico em UTI para acompanhar filho que sofreu acidente e recebe um “não”

Publicados

em

Aline Botelho, mãe de Lucas Botelho, de 18 anos, fez um desabafo nas redes sociais após o Hospital e Maternidade Santa Marcelina, em Sapezal, no Mato Grosso, não disponibilizar um médico para acompanhar seu filho em uma transferência para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do município até Cuiabá.

Lucas sofreu um grave acidente de moto na noite de quarta-feira (22) em Sapezal e chegou ao hospital desacordado, com sangramento no ouvido, febre e vômito. Segundo a mãe, a transferência era para ter ocorrido às 20h.

No post da denúncia, Aline afirma ter conseguido uma ambulância às 23h do mesmo dia para transferi-lo para a capital, porém um médico se negou a acompanhar Lucas e disse que só iria a partir das 7h30 da manhã do dia 24, quase 12 horas após o acidente.

Desesperada, a mãe entrou em contato com o prefeito de Sapezal Walcir Casagrande (PL), que “fez pouco caso”, segundo Aline, e a mandou fazer o que ela quisesse.

“O hospital não é do município e a responsabilidade é deles”, respondeu o prefeito enquanto a mãe aguardava desesperada pela remoção de Lucas.

Leia Também:  Mãe implora a presença de médico em UTI para acompanhar filho que sofreu acidente e recebe um "não"

“Estou aflita com a situação do meu filho, é triste demais ver alguém nessa situação e o nosso prefeito fazer pouco caso”, desabafou Aline. “Estou de todas as formas implorando por ajuda nesse momento”.

Com a negativa de atendimento ao seu filho, Aline colocou o carro da família a venda na Internet na tentativa de custear o tratamento de Lucas em uma UTI.

De acordo com informações, Lucas foi transferido para a capital e está internando no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) e ainda aguarda uma vaga na UTI.

 

Otavio Ventureli(da redação com GD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI