POLICIAL

Polícia Civil prende na madrugada desta quinta(19) “monstro” acusado de agredir, torturar, tentar matar e mutilar órgão sexual da companheira

Publicados

em

Equipe da Polícia Civil prendeu na madrugada desta quinta-feira (19), em Colniza, municipio de Mato Grosso, José Odair Ildefonso Ribeiro, 42, o ‘Negão das Duas’, acusado de agredir, torturar e tentar matar a companheira de 21 anos.

Ele estava foragido desde o dia 14, quando saiu de casa levando a filha de 9 meses. O crime contra a esposa foi tão cruel, que ele mutilou o órgão sexual dela.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, é possível ver o momento em que os investigadores cumprem o mandado de prisão expedido pela Justiça de Colniza, em Mato Grosso. No vídeo, também deixa claro que a criança estava com o homem dentro de uma barraca e foi apreendida pelos policiais.

O caso

O registro da violência doméstica começou na sexta-feira (13) Uma testemunha contou à polícia que na Comunidade do Taquaruçu, o suspeito bateu na jovem, depois tentou atirar contra ela.

Já no sábado (14), equipes da Polícia Civil foram até o local e encontraram a vítima bastante ferida.  

Ela confirmou que foi agredida pelo marido, que também mantém um relacionamento com a irmã dela, de 23 anos.
A Polícia a encontrou com lesões no rosto, dentes quebrados e estava bastante debilitada. Na casa, foi achada ainda uma espingarda calibre 32.

A vítima lembrou que durante as agressões, ele tentou atirar nela, mas a arma falhou. Ele jogou a espingarda no chão, quebrando a coronha. Ela foi acolhida e levada para uma unidade de saúde.

Leia Também:  Covardia: Homem de 33 anos é preso em Lucas do Rio Verde MT acusado de agredir uma bebê de 04 anos

 

Otavio Ventureli(da redação com GD)

POLICIAL

Mãe implora a presença de médico em UTI para acompanhar filho que sofreu acidente e recebe um “não”

Publicados

em

Aline Botelho, mãe de Lucas Botelho, de 18 anos, fez um desabafo nas redes sociais após o Hospital e Maternidade Santa Marcelina, em Sapezal, no Mato Grosso, não disponibilizar um médico para acompanhar seu filho em uma transferência para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do município até Cuiabá.

Lucas sofreu um grave acidente de moto na noite de quarta-feira (22) em Sapezal e chegou ao hospital desacordado, com sangramento no ouvido, febre e vômito. Segundo a mãe, a transferência era para ter ocorrido às 20h.

No post da denúncia, Aline afirma ter conseguido uma ambulância às 23h do mesmo dia para transferi-lo para a capital, porém um médico se negou a acompanhar Lucas e disse que só iria a partir das 7h30 da manhã do dia 24, quase 12 horas após o acidente.

Desesperada, a mãe entrou em contato com o prefeito de Sapezal Walcir Casagrande (PL), que “fez pouco caso”, segundo Aline, e a mandou fazer o que ela quisesse.

“O hospital não é do município e a responsabilidade é deles”, respondeu o prefeito enquanto a mãe aguardava desesperada pela remoção de Lucas.

Leia Também:  Painel Epidemiológico da Secretaria de Saúde MT registra nas últimas 24 horas 1.857 novos casos de Covid no Estado

“Estou aflita com a situação do meu filho, é triste demais ver alguém nessa situação e o nosso prefeito fazer pouco caso”, desabafou Aline. “Estou de todas as formas implorando por ajuda nesse momento”.

Com a negativa de atendimento ao seu filho, Aline colocou o carro da família a venda na Internet na tentativa de custear o tratamento de Lucas em uma UTI.

De acordo com informações, Lucas foi transferido para a capital e está internando no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) e ainda aguarda uma vaga na UTI.

 

Otavio Ventureli(da redação com GD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI