POLICIAL

Prefeitura mantém calendário de obras na cidade dentro do previsto

Publicados

em


.

07/08/2020    9

A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos esteve em visita nas obras da Praça do Jardim Glória, além da pavimentação asfáltica da Avenida Mil, bairro Nova Fronteira. A vistoria foi acompanhada pela vereadora Gisa de Barros e do secretário de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo, José Roberto Amaral. Conforme dados do secretaria de Obras, a Praça do Jardim Glória está com mais de 90% dos serviços concluídos. A vistoria ocorreu nesta quinta-feira (06).

Nesta etapa, as equipes realizam pinturas, limpezas e finalizam as partes de iluminação. A previsão de entrega é para o fim deste mês. Já a pavimentação asfáltica da Avenida Mil tem aproximadamente 70% de conclusão, onde estão sendo finalizadas calçamento, pintura do canteiro central e meio fio, além da execução da parte de drenagem e esgoto.

“Neste período, as equipes finalizam também as instalações das partes elétricas internas da Praça, instalação do parquinho infantil e acabamento do palco de apresentações múltiplas. A próxima etapa consiste no plantio de árvores da área externa e plantio de gramado. A Praça faz parte de um Termo de Compromisso realizado entre a Prefeitura e uma empresa instalada na cidade, por meio de uma compensação urbanística. A obra recebeu investimentos da ordem de R$ 150 mil reais”, explicou o secretário José Roberto.

Leia Também:  Ozenira Félix assume Secretaria de Gestão e continua interinamente na Secretaria de Saúde

Para Lucimar Sacre de Campos, as obras que se encaminham para a fase de conclusão trarão um bom aspecto para o município, com espaços de qualidade e segurança para a população. “De fato, com a pandemia da Covid-19 houve, uma concentração maior da Administração Pública voltada para a Saúde, com determinações, estabelecimento de Decretos Municipais, compras de equipamentos e insumos hospitalares, reorganização da Rede SUS para atendimento as  pessoas acometidas pela doença. Porém as obras também caminharam sob a coordenação da Secretaria de Obras, e as execuções estão sendo realizadas dentro do previsto, e muitas obras já estão sendo finalizadas, quer seja por asfalto novo, creches, praças, reurbanização da cidade, enfim estamos tomando todas as precauções para que os  serviços aconteçam  e, a cada dia tomam forma e seguem para a finalização. Estamos vistoriando e pedindo celeridade nos trabalhos. Vamos entregar o quanto antes essas obras que trarão aspecto harmonioso  de bem estar e qualidade de vida como  nossa cidade merece”, sublinha.

A vistoria se estendeu também até a Praça Central Nossa Senhora do Carmo, instalada no Centro de Várzea Grande. No local, havia a instalação de um chafariz que será substituído por uma estátua de Nossa Senhora do Carmo, o local está sendo revitalizado com pinturas, plantação de flores e gramado e instalações de luzes, além de demais ajustes de paisagismo, deixando o visual ainda mais atrativo. “Um espaço que vai contemplar toda essa área central valorizando o comércio local e fomentando as romarias de fé e religiosidade abertas para visitação de toda a população, tanto de Várzea Grande quanto de outras cidades”, disse Lucimar. 

Leia Também:  Online, Semana Pedagógica 2021 conta com mais de cinco mil inscrições

 

Por: Cláudia Joséh – Secom/VG

Propaganda

POLICIAL

Kalil recebe senadores Jayme e Wellington e assegura mais R$ 16 milhões em emendas

Publicados

em


Legenda:

Demonstrando relação institucional com todos os parlamentares federais, sejam senadores ou deputados federais, o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, recebeu em audiência os senadores Wellington Fagundes e Jayme Campos para traçar uma série de estratégias de atuação visando obras e ações para fomentar o desenvolvimento local e preparar a segunda maior cidade de Mato Grosso para um novo momento proporcionado pelo crescimento econômico decorrentes do agronegócio.

Várzea Grande foi contemplado com outros R$ 16 milhões em emendas parlamentares, sendo R$ 11 milhões já depositados para a área de saúde de autoria do senador Jayme Campos e outros R$ 5 milhões do senador Wellington Fagundes para obras de pavimentação e drenagem com galerias pluviais.

É sempre importante ter uma boa relação com todos os parlamentares, sejam senadores, deputados federais e estaduais, além do governador do Estado, para que os benefícios sejam carreados para Várzea Grande, contemplando as necessidades por obras e medidas de impacto que permitam aquecer a economia local, gerando emprego e renda”, disse o prefeito Kalil Baracat.

Os senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes sinalizaram como importante ao prefeito Kalil Baracat colocar em prática projetos que assegurem a Várzea Grande atender as demandas decorrentes do crescimento económicos com formação de mão de obra técnica e profissional além de receber empresas e indústrias decorrentes do Parque Tecnológico que tem que se tornar realidade.

Leia Também:  Prefeitura veta eventos carnavalescos em 2021 e transforma datas em dias úteis

“Acredito em projetos como ampliação e melhoria da Orla da Alameda, novos corredores comerciais e inclusive com a cobrança da Rota Oeste para a duplicação, os trevos e três viadutos que cortam a Rodovia dos Imigrantes”, disse o senador Wellington Fagundes.

Já para Jayme Campos, as obras estruturantes como um anel viário permitindo a integração da Rodovia dos Imigrantes, Rodovia Mário Andreazza, Avenida Júlio Campos, com as saídas para o Norte e Sul de Mato Grosso e do Brasil, permitirá a instalação de um novo Distrito Industrial, mais moderno, eficiente e principalmente volta para as necessidades de Várzea Grande e do agronegócio e as empresas e indústrias que se instalaram por aqui.

Enquanto gestor municipal, Kalil Baracat, relatou que está focado em duas questões prioritárias, mas sem descuidar das demais, que são a questão da água e a necessidade de ampliar o  e que de obras que já tem em andamento as obras de uma nova Estação de Tratamento e Abastecimento (ETA) de 26 milhões de litros de água por dia que se somará com outros duas ETAs de mesma capacidade e outra de 2.592 milhões, o que soma 80 milhões de litros/dia ou quase 30 bilhões de litros de água por ano.

Leia Também:  Avião da FAB com pacientes de Manaus pousou em Cuiabá sem intercorrências com os pacientes

Segundo o secretário de Assuntos Estratégicos, Gonçalo Barros, “este montante atende cada um dos quase 300 mil cidadãos de Várzea Grande com mais de 400 litros de água por dia,  quando a necessidade segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde seria de 100 até 150 litros dias, dependendo da região do mundo quando a sua temperatura, portanto, além de resolvermos o problema da água, temos que encontrar solução para a perda que oscila entre 50% até 68% de tudo que é produzido, então iremos enfrentar o problema da água com hidrometração, para medir consumo de todos os consumidores, novas redes de captação e distribuição e a inadimplência de consumidores que mesmo com medições não pagam suas contas”, disse o secretário.

Conforme  ele e o prefeito, a ideia é resolver os problemas em definitivo e não mais paliativos, mas a população tem que ajudar e cumprir sua parte, pois o desvio prejudica a rede toda e dos demais consumidores e a inadimplência inviabiliza a empresa por completo que não consegue então fazer os investimentos necessários e de rotina para melhorar o atendimento para a própria população.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA