POLICIAL

Secretaria Municipal de Saúde divulga o 7º Informe Epidemiológico de 2021 sobre a COVID-19

Publicados

em


Davi Valle

Clique para ampliar

Desde o registro dos primeiros casos em Cuiabá, a Secretaria Municipal de Saúde, com apoio de pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso publica semanalmente o Informe Epidemiológico sobre a COVID-19, com o objetivo de monitorar o padrão de morbidade e mortalidade e descrever as características clínicas e epidemiológicas dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG – pelo SARS-Cov-2 em residentes no município de Cuiabá. Dando continuidade à divulgação de informações sobre a COVID-19 em Cuiabá, esse é o 45º informe produzido, no qual apresentamos as informações desde a data da notificação do primeiro caso em Cuiabá até a 06ª Semana Epidemiológica (SE), compreendendo o período de 14 de março de 2020 a 20 de fevereiro de 2021.

Os dados referentes ao número de casos de COVID-19 são registrados no sistema considerando a data de notificação. Desta forma, o número de casos é atualizado diariamente e, portanto, algumas diferenças quanto ao número de casos e indicadores advindos desses poderão ser notadas quando comparado com os informes publicados em semanas anteriores.

Leia Também:  Prefeito e primeira-dama rmantém participação efetiva das mulheres na gestão Cuiabá

Destaques da Semana Epidemiológica 07 – 14 a 20 de fevereiro de 2021. 

– Até 20 de fevereiro:

  – 51.615 casos de COVID-19 residentes em Cuiabá, 93,4% recuperados e 1.461 mortes.

 – A taxa de infecção é mais elevada entre 30 a 39 anos, contudo as taxas em crianças, adolescentes e jovens de 20 a 29 anos foram as que mais cresceram desde 18/julho/2020 – 864%, 1.342% e 952% respectivamente, evidenciando aumento superior do risco de infecção nesses grupos etários quando comparado com os demais.

  – Risco de internação se eleva com a idade, sendo maior no sexo masculino, exceto na faixa etária de 20 a 29 anos, quando o risco é superior no sexo feminino.

  – A partir de dezembro se tem registrado o aumento de mortes, e esse padrão tem persistido nas quatro primeiras semanas de janeiro e nas três primeiras semanas de fevereiro, com quase o dobro do número de mortes da última semana de dezembro (SE 53).

– Na última semana

Leia Também:  Secretária de Turismo reforça ações de valorização cultural em celebração a 1ª missa rezada em Cuiabá

   – 1.081 casos notificados de COVID-19 e 39 óbitos, com média de 5,6 óbitos/dia.

  – Cerca de 43% dos leitos de UTI de Cuiabá foram ocupados por não residentes na capital.

  –  Manutenção das taxas de ocupação de UTI adulto e de enfermaria e redução da taxa de ocupação de UTI pediátrica nos hospitais de Cuiabá.

  – Valor de Rt (1,12) mais elevado desde a SE 51 (13 a 19 de dezembro) quando o valor estimado foi 1,18.

 CONFIRA O INFORME EPIDEMIOLÓGICO ABAIXO

Propaganda

POLICIAL

Polo de vacinação em Cuiabá será reaberto tão logo a Prefeitura receba novas doses

Publicados

em


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá aguarda a chegada de novas doses do imunizante para dar continuidade à campanha de vacinação contra o coronavírus na capital. Com a utilização de todas as doses, o pólo de vacinação, montado no Centro de Eventos do Pantanal foi fechado temporariamente, até que o município receba novas vacinas.

Com a divulgação da distribuição de novas doses nos estados, começou uma grande especulação e consequentemente muitas dúvidas sobre o retorno da campanha. Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Valéria de Oliveira, é importante que a população tenha tranquilidade, pois assim que Cuiabá receber as doses, a campanha será retomada com segurança.

“Temos recebido muitas perguntas sobre pessoas que estão tentando fazer o agendamento mas não conseguem. Neste momento de suspensão temporária da campanha o agendamento está fechado. Nós abrimos a agenda no dia anterior à vacinação, porque a equipe da TI faz uma checagem nos dados dos agendados para garantir que a pessoa realmente faz parte do grupo contemplado”, explicou Valéria.

Leia Também:  Secretária de Turismo reforça ações de valorização cultural em celebração a 1ª missa rezada em Cuiabá

Outra dúvida recorrente é em relação à segunda dose dos trabalhadores da Saúde, que têm o prazo de 28 dias para serem imunizados. Valéria esclarece que todas as doses de vacinas recebidas em Cuiabá já vieram com a especificação sobre o grupo a ser vacinado e quais eram primeira ou segunda dose. “Recebemos do Estado primeiramente as vacinas destinadas à primeira dose e quando chegou perto do prazo, recebemos as vacinas de segunda dose. Atualmente temos no nosso estoque apenas 3120 doses destinadas à segunda dose dos idosos, que começarão a ser aplicadas em 11 de março. Estamos aguardando o recebimento ainda de 3030 vacinas para a segunda dose dos trabalhadores da Saúde aprazados para 28 dias”, comentou.

A coordenadora reitera que não é a Prefeitura de Cuiabá que faz a reserva da segunda dose. “Nós realizamos a vacinação à medida que recebemos as doses do Estado. É importante que pessoas que ainda não receberam a segunda dose entendam que não é propositalmente. Tão logo a gente receba essas doses, faremos a imunização deste grupo, mas não nos informaram ainda quando essas doses chegarão”.

Leia Também:  Procuradora-geral informa que certidão de Não Penalidade Municipal será solicitada somente virtualmente

Doses destinadas para Cuiabá para vacinação até o momento:

20/01 – Coronavac – 8027 doses (para primeira dose)

26/01 – AstraZeneca – 6630 doses (para primeira dose)

26/01 – Coronavac – 3030 doses (para primeira dose)

27/01 – Coronavac – 510 doses (para primeira dose)

02/02 – Coronavac – 496 doses (para primeira dose)

02/02 – Coronavac – 8027 doses (para segunda dose)

09/02 –  Coronavac – 3120  (para primeira dose idosos a partir de 85 anos)

09/02 – Coronavac – 992 doses (para segunda dose)

09/02 – Coronavac – 680 doses (para primeira dose)

19/02 – Coronavac – 3120  (para segunda dose idosos a partir de 85 anos)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA