POLICIAL

Veja os dados do painel Covid-19 desta terça-feira (28)

Publicados

em


.

Nesta terça-feira (28), Cuiabá tem 10.511 casos confirmados de Covid-19 de residentes no município e 2.110 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Dos confirmados, 2.215 já estão recuperados da doença e houve 504 óbitos de residentes e 245 de não residentes.

Na rede hospitalar há 358 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 229 na UTI e 129 em enfermaria. Também estão internados 158 pacientes com suspeita da doença, sendo 78 na UTI e 80 em enfermaria. Do total de pessoas internadas em UTI, 190 são de residentes em Cuiabá e 117 de residentes de outros municípios. Do total de internados em enfermaria/isolamento, 155 pessoas são de Cuiabá e 54 de outros municípios.

Hoje Cuiabá registrou mais 7 óbitos, chegando a um total de 504 mortes. O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam profundamente estes óbitos.

Segue abaixo a relação dos óbitos de residentes em Cuiabá:

Leia Também:  Prefeitura retoma enquete para escolha do ‘Selo Empresa Amiga do Meio Ambiente 2021’

-Homem, 79 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 28/07.

-Mulher, 39 anos, internada em hospital privado. Tinha neoplasia. Foi a óbito em 24/07.

-Homem, 86 anos, internado em hospital privado. Tinha hipertensão e problema renal. Foi a óbito em 28/07.

-Mulher, 76 anos, internada em hospital público. Tinha problema cardiovascular. Foi a óbito em 28/07.

-Homem, 76 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão e obesidade. Foi a óbito em 27/07.

-Homem, 72 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 27/07.

 

*Um óbito não foi divulgado.

 

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

A ação “Plante amor, Salve vidas” homenageia mulheres vítimas de feminicídio em 2020

Publicados

em


.

Ainda fazendo parte da programação do Agosto Lilás, a Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, distribuiu e plantou mudas de árvores frutíferas no canteiro central em frente a um shopping center da capital, localizado na avenida Historiador Rubens de Mendonça.

De acordo com a secretária Luciana Zamproni, a ação denominada “Plante amor, Salve vidas”, teve como objetivo despertar as pessoas para a triste realidade que vem acontecendo no país. Ela explica que o plantio e a entrega de mudas foi uma forma de homenagear as 32 mulheres vítimas de feminicídio neste ano, em Mato Grosso, e as mulheres que conseguiram se libertar do ciclo de violência doméstica. “Hoje estamos plantando 50 mudas de árvores e fazendo uma homenagem para a Patrícia, Aline, tantas mulheres que tiveram suas vidas ceifadas pelos ex ou atuais companheiros. E a entrega das mudas é uma forma de mostrar o renascimento daquela mulher que conseguiu se libertar da violência doméstica”, explica.

Leia Também:  CCI Aidee Pereira é a quarta unidade a ser entregue completamente revitalizada

Para a comerciante Isadora Reis, todo evento voltado para a violência doméstica é de grande valia já que os números de feminicídio durante a pandemia triplicaram. Ela afirma que são esses tipos de abordagem que despertam as pessoas para uma causa tão séria e se entristece por acompanhar no noticiário que, mesmo no século 21, mulheres ainda sejam mortas por seus companheiros. “Quero parabenizar a Secretaria da Mulher por este projeto realizado. A entrega dessas mudas me faz refletir e ter o cuidado que estou trazendo comigo uma vida que renasce de certa forma das trevas. Espero que mais ações aconteçam com essa temática”, afirma.

Salve vidas, Plante Amor, contou com a ação em conjunto das Secretarias de Mobilidade Urbana e Serviços Urbanos.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA