POLÍTICA MT

72% das pessoas atendidas no Centro de Triagem são de Cuiabá

Publicados

em


.

São de Cuiabá mais de 72% das pessoas que buscaram atendimento nos cinco primeiros dias de funcionamento do Centro de Triagem Covid-19, na Arena Pantanal. A iniciativa é uma ação do Governo do Estado em auxílio à Atenção Básica, que é uma atribuição das gestões municipais.

Várzea Grande, a segunda maior cidade de Mato Grosso, representa 20,11% dos atendimentos com suspeita de Covid-19 realizados no complexo de saúde do Governo Estadual, ou seja, 507 pessoas.

Já os demais municípios, incluindo a Baixada Cuiabana, ocuparam 7% dos atendimentos feitos até a segunda-feira (27.07). No total, 2.520 pessoas foram atendidas, sendo 22% confirmadas para covid-19. 

“Os atendimentos têm sido um sucesso e ocorrido dentro do planejado. Acreditamos que nos próximos dias teremos condições de aumentar a capacidade de atendimento, caso seja necessário. Com esse apoio do Governo do Estado conseguiremos auxiliar os municípios no tratamento precoce e, consequentemente, mitigar o contágio da Covid-19 em Mato Grosso”, diz Patrícia Neves, diretora do Hospital Estadual Santa Casa, unidade que coordena o funcionamento do Centro. 

Leia Também:  Operação Pantanal 2: MT recebe reforço de MS e das Forças Armadas para combater incêndio na região

De quarta-feira a segunda-feira (22 a 27.07), 549 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus e 1.451 saíram do local com o kit de medicação, após prescrição médica. Nesse período, os médicos prescreveram exames de tomografia para 78 pacientes e três foram encaminhados para internação via Central de Regulação do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Centro de Triagem é uma das medidas já adotadas pelo Governo do Estado como forma de evitar o agravamento da doença em pessoas que inicialmente apresentam sintomas leves. Para os casos graves, a porta de entrada continua sendo as unidades de saúde da rede municipal, como Unidades de Pronto Atendimento e Pronto Socorro.

Como funciona o Centro 

O atendimento no Centro de Triagem funciona das 7h às 17h. São entregues até 600 senhas das 6h às 6h45. É obrigatório o uso de máscaras de proteção e as equipes do Corpo de Bombeiros monitoram o local para garantir a organização do espaço durante a entrega das senhas.

Para saber mais sobre o passo a passo de como é o atendimento, clique aqui.

Leia Também:  Projeto de lei obriga divulgação de vagas em UTIs

O Centro conta com uma equipe de 20 médicos, que atenderá adultos com sintomas leves da Covid-19. No local, será possível realizar o Cadastro Nacional de Saúde (CNS), a testagem rápida, o atendimento médico, a tomografia e a retirada de medicamentos, caso haja a prescrição médica.

Como chegar 

O Centro de Triagem foi montado no estádio de futebol da Arena Pantanal, localizado na Av. Agrícola Paes de Barros, s/n – Verdão, em Cuiabá.

Para chegar até o local por meio do transporte público, o cidadão pode embarcar na linha 609, que sai da Estação Alencastro, em frente à Prefeitura de Cuiabá.

Para quem pretende utilizar automóvel próprio para chegar à Arena Pantanal, poderá deixar o veículo no estacionamento do estádio.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

Sábado (08): Mato Grosso registra 63.336 casos e 2.125 óbitos por Covid-19

Publicados

em


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (08.08), 63.336 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 2.125 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado e 24 mortes nas últimas 24 horas. 

Foram registradas 988 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 63.336 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 20.273 estão em monitoramento e 40.938 estão recuperados. 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 294 internações em UTIs públicas e 301 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 78,44% para UTIs adulto e em 34,05% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (13.574), Várzea Grande (5.009), Rondonópolis (3.766), Lucas do Rio Verde (3.255), Sorriso (3.025), Tangará da Serra (2.729), Sinop (2.339), Primavera do Leste (2.063), Nova Mutum (1.613) e Campo Novo do Parecis (1.224). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria. 

Leia Também:  Operação Pantanal 2: MT recebe reforço de MS e das Forças Armadas para combater incêndio na região

O documento ainda aponta que um total de 57.253 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 3.217 amostras em análise laboratorial. 

Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h. Para acessar o Painel Interativo da Covid-19 em Mato Grosso, clique aqui.

Cenário nacional

Neste sábado (08), o Governo Federal confirmou 3.012.412 casos da Covid-19 no Brasil e 100.477 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 99.572 óbitos e 2.962.442 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia Também:  Ação Social do Governo de MT alcança famílias de Nossa Senhora do Livramento

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA