POLÍTICA MT

“A ZPE de Cáceres vai sair do papel e trazer desenvolvimento para a Região Oeste de MT”, afirma governador

Publicados

em


.

O governador Mauro Mendes fez uma vistoria nas obras da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Mato Grosso na manhã desta terça-feira (01.09), em Cáceres. Durante a visita, ele autorizou o início do projeto para investimento em água, energia elétrica e asfaltamento do loteamento. 

As obras foram retomadas pelo Governo do Estado no final do mês de fevereiro, após mais de 30 anos de espera.

“A ZPE era um sonho de mais de 30 anos, que foi implantado aqui em Mato Grosso e ficou no papel. A obra começou em 2016, passou por licitação, parou. Em 2017, foi retomada, mas ainda temos um desafio grande de inaugurá-la e, consequentemente, gerar empregos e promover o desenvolvimento na Região Oeste, que também merece esta atenção especial”, destacou o governador.

As obras da ZPE são executadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), por meio da empresa Primus Incorporação e Construção Ltda. Ao todo, o prazo de conclusão da obra é de 15 meses.

Leia Também:  Seduc promove webconferência sobre tecnologias digitais

O secretário Marcelo de Oliveira explicou que aproximadamente 15% dos serviços já foram realizados. Foram concluídas as fundações de todos os blocos da obra e estão em andamento os serviços de terraplanagem e alvenaria em alguns trechos, que seguem dentro do cronograma previsto.

O investimento estimado é de R$ 15,4 milhões, oriundos do Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Fundeic), sob responsabilidade da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec). Segundo o secretário César Miranda, titular da Sedec, A ZPE facilitará a vinda de investimentos para o Estado. 

“Será interessante para que os investidores que queiram exportar tenham um recinto alfandegado, com benefícios fiscais não só do Estado, mas do Governo Federal no que se refere à zona de exportação. Também estamos trabalhando para fomentar novos investimentos e colocar a ZPE para funcionar”, destacou.

A conclusão da obra vai possibilitar a ampliação da competitividade para as exportações de Mato Grosso, já que vai permitir a instalação de empresas voltadas à produção de bens a serem comercializados no exterior, que terão acesso a tratamento tributário, cambial e administrativo específico.

Leia Também:  Batalhão Ambiental da PM resgata tamanduá- bandeira ferido no Cinturão Verde

Para o deputado Valdir Moretto, a ZPE representa o desenvolvimento econômico ao município. “Essa obra trará maior desenvolvimento primeiro para Cáceres, segundo para a Região Oeste, mas principalmente, para todo Estado de Mato Grosso. As obras estão a todo vapor e a visita do governador no local mostra como o Governo do Estado está comprometido com a nossa região”, disse o Moretto.

Também acompanharam a vistoria os secretários estaduais Marcelo de Oliveira (Sinfra), Gilberto Figueiredo (Saúde) e Jefferson Moreno (ajunto de Turismo), o deputado federal Neri Geller e os deputados estaduais Dilmar Dal Bosco, Wilson Santos, Max Russi e Dr. Leonardo Albuquerque.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Luisa Mell: “Tivemos uma conversa muito produtiva de três horas sobre as ações para o Pantanal”

Publicados

em


.

O governador Mauro Mendes recebeu a visita da ativista ambiental Luisa Mell, na tarde desta sexta-feira (25.09), e ouviu as contribuições dela para as ações de resgate aos animais vítimas dos incêndios no Pantanal. Foram definidas ações de curto, médio e longo prazo para reforçar este trabalho.

Luisa Mell afirmou ter saído “muito contente” da reunião, que também contou com a participação da deputada federal Rosa Neide; do deputado estadual Carlos Avalone e do suplente de deputado Sargento Vidal; dos secretários Alexandre Bustamante (Segurança Pública) e Mauren Lazzaretti (Meio Ambiente); e do comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Alessandro Borges. 

“Fiquei muito contente, foi uma reunião de 3 horas que trouxe contribuições muito importantes. Uma conversa muito produtiva. Tudo começa com diálogo e ação. Já houve o diálogo, agora vamos nos unir para a ação”, declarou.

Durante a reunião, o governador relatou para Luisa Mell que o Governo de Mato Grosso tem atuado forte no combate aos incêndios florestais desde março, com várias frentes de trabalho, quando foi lançado o Plano de Ação contra o Desmatamento Ilegal e Incêndios Florestais em Mato Grosso. Além disso, criou o Posto de Atendimento aos Animais Silvestres do Pantanal, que resgata os animais atingidos pelos incêndios ou que estão fugindo das áreas queimadas. 

Leia Também:  Empresa que contratar idosos poderá receber incentivos fiscais

Já foram mais de R$ 22 milhões investidos de recursos próprios, contando com 40 equipes espalhadas por todo o estado para o combate ao fogo, sete aeronaves, três helicópteros e mais de 2500 profissionais envolvidos, desde bombeiros militares, voluntários, integrantes da Defesa Civil e do Exército. O Governo de Mato Grosso, neste ano, já aplicou mais de R$ 190 milhões em multas por uso irregular do fogo e tem endurecido contra os criminosos, sendo que as multas estão sendo levadas para os órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, além das implicações criminais.

Mendes agradeceu a ativista e sua equipe por terem se colocado à disposição para ajudar o Governo do Estado nesse trabalho. 

“A Luisa Mell trouxe sugestões, trouxe a proposta de ajuda que recebi com muita gratidão. Muitas pessoas criticam, mas poucas se apresentam para ajudar, trazer sugestões e ajuda, como a Luisa Mell fez. Estamos trabalhando muito, mas precisamos sim de ajuda para evitar que em qualquer canto de Mato Grosso aconteça esses acidentes que envolvem o nosso Meio Ambiente”, ressaltou.

Leia Também:  Batalhão Ambiental da PM resgata tamanduá- bandeira ferido no Cinturão Verde

Como saldo da reunião, foram reforçadas várias atividades, como o envio emergencial de mais dois carros-pipa, um caminhão de 30 mil litros de capacidade, duas camionetes de 5 mil litros e seis camionetes de 500 litros, além de outras camionetes para distribuição de alimentos.

Também está sendo viabilizada uma unidade móvel para atendimento dos animais silvestres e a construção de 10 pontes na Transpantaneira para facilitar o tráfego e logística de combate aos incêndios.

Ainda foram debatidas ações conjuntas a médio e longo prazo, como o aprimoramento da legislação; campanhas de conscientização nas escolas; programas de capacitação para fomento e crescimento do ecoturismo e articulação junto a operadoras de telefonia para investimentos em comunicação na região.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA